Post patrocinado: Até quando dá pra ser fofa?
24 de outubro de 2013 POR Jojo COMENTA AQUI!
No mês passado começamos eu contei pra vocês da parceria super bacana que a Antix resolveu fazer com a gente.Quem lembra?
A ideia é incentivar todo mundo a olhar pras roupas de outras formas e inventar novos usos (do jeitinho que esse blog que vos fala tanto gosta de fazer).
Pois bem, cá estamos nós, um mês depois, com o segundo post da Transformação Antix: um novo vestido e dois novos usos.
Mas hoje, além da transformação, resolvi introduzir um novo tema ao post. (a blogueira que adora complicar). Eu explico:
Quando fui lá na Antix escolher o vestido que iria compor o post de transformação de hoje, me deparei com todos aqueles vestidos fofos, com estampas fofas, manguinhas fofas e estampas fofas. Catei um monte deles e fui pro provador. Me olhei no espelho e ví uma menina, meio sem maquiagem, meio descabelada, com cara de cansada. Olhei no espelho de novo, bem no fundo do meu olho e pensei: tenho quase 30 anos, esse vestidinho não é menininha demais pra mim? Não passou da hora de se vestir que nem gente grande?
Afinal de contas, até quando dá pra ser fofa?
A gente sofre uma pressão danada pra “envelhecer bem”. Usar botox não pode, mas ficar enrrugada que nem uma uva passa também não é primeira alternativa da maioria. Manter um corpo em cima é pré-requisito, mas mostrá-lo num look mais decotado, é ser tachado de sem noção.
Ser fofa é outro tabu que aparece com a idade. Parece que, depois dos 20 e poucos, a gente tem que ficar mais séria. Deixar de lado os babados, os lacinhos, os frufrus. Só eu sinto essa pressão ou vocês também?
Engraçado porque, de um lado vinha uma vozinha perguntando quantos anos eu acho que tenho. Do outro, vinha outra vozinha que me afirmava: “Mas tá tudo tãããããão lindo.”
Essa vozinha que fala que é tudo lindo nada mais é do que a gente sendo menina, independente da idade. Porque em toda menina de 30, mora uma de 10 e outra de 20. Em toda menina de 40 e poucos, mora uma de 5, outra de 15 e outra de 23. E e
 Isso tudo eu pensei enquanto estava no provador. Vestindo os tais vestidos mais fofos do mundo. Olhei de novo pros olhos meio cansados e sorri. Deixa eu ser menina o quanto eu quiser. Com 20, 30, 40. Olhei pro vestido e me achei mais bonita do que com calça jeans e camisa social (a roupa pré-provador). E não é isso que importa?
Então, vamos a ele. Não por nada, depois da minha reflexão de provador, resolvi escolher o vestido mais fofo de todos. E fazer um look mais fofo que o outro.
O primeiro, como não podia deixar de ser, era ele (o vestido) em sua plenitude e esplendor: rodado, florido, lindo, leve e solto. 100% fofura.

E, como eu adoro uma mistureba, nos pés, eu coloquei aquele meu coturno velho que vocês já tão cansadas de conhecer e que, apesar de estar decadente, eu me recuso a abandonar.

Tudo simples, pra um dia de sol claro e muita andança.

Daí vamos ao segundo look. A ideia é sempre transformar, né? Então resolvi transformar o vestido fofo numa blusa idem. Mas, como eu tô em clima de luta pelos direitos da fofura, quis manter o meu propósito firme até o final e acabei substituindo uma saia rodada pela outra.

O legal é que a saia branca ficou ainda mais armada (ou seja, mais fofura) por causa do volume da saia do vestido por baixo. Tudo isso arrematado por um cintinho branco pra a passagem do vestido para a saia ficar mais suave.

Acho que por hoje já falei demais. Mas, pra finalizar, fica aqui o meu pleito, vamos ser fofas sempre!

Créditos look 1:

Vestido: Antix
Coturno: C&A
Óculos: ZeroUV

Créditos look 2:

Vestido: Antix
Saia: Topshop
Cinto: Marc by Marc Jacobs
Sapato: Maria Bonita Extra
Óculos: Topshop

  • Alice

    Oi Jo! Eu tenho um coturno igual a esse, mas eu sou baixinha e minhas pernas são grossas, então uso dobrado pra não me achata mais ainda! Vc acha que tem muito problema? Sei que não recomendam pessoas com o corpo que nem o meu usaram coisas no tornozelo, mas se for assim nunca poderei usar coturno, acho absurdo!
    No mais, acho lindo esse estilo "fofo", olha aí a zooey deschanel pra comprovar 🙂

  • Bruna

    Adorei o post! Estou às vésperas dos meus 27 e tenho tido esse questionamento com frequência! E a roupa é só uma pontinha, ne? Mas a teoria de termos uma menina dentro vale pra todos os questionamentos!

  • Amanda

    Jo, eu NUNCA comento aqui, mas estou sempre de olho, acho que já comentei mais no começo do blog, adoro o seu jeito maroto de usar a mesma peça de 3516564165 jeitos diferentes!
    Eu AMO a Antix e as roupas combinam muito com toda a minha fofura! Sim eu sou uma pessoa fofa…
    Mas eu sou uma pessoa fofa com um problema… eu sou extremamente fofa! Isso acontece pq eu sou magrinha e tenho 1,50 de altura, ou seja eu sou praticamente uma criança pra quem me vê de longe… mas na idade não sou mais criança 🙁 estou fazendo 25 anos esse fim de semana e estou a semana inteira numa crise com o meu armário… ja tirei um monte de roupa pra dar, decidi que dessa vez vou fazer uma reforma boa…
    E ser extremamente fofa já virou problema pra mim pq eu já perdi varias oportunidades de empregos bons e quando um pouco mais nova vários bofes deixaram de querer me conhecer pq eu tinha cara de criança… graças a Deus meu bofe de hoje foi firme e forte e também tem o mesmo problema que eu, idade de 30 e cara de 18 kkkkkkkkkkkkk
    Lendo seu post cheguei a uma conclusão: essa sou euuuuuu, eu sou fofa mesmoooo, cara de criança mesmooo e minhas roupas são tão fofas quanto euuu! E mesmo quando eu tento de tudo pra ser mulherão, pra ser durona e etc eu continuo sendo doce e sendo menina. Não da pra fugir!
    Eu ainda não encontrei o meio termo e muito menos o termo completo pra arrumar meu armário e comprar peças mais adultas… decidi que por enquanto continuarei sendo fofa e usando Antix mesmo ficando com cara de criança!

  • Apoio a fofura plenamente. Nada de ficarmos encabuladas com a idade, tenho 27 e adoro saias rodadas, laços, rendas…

  • Anônimo

    Ai Jojo, eu super entendo e apoio! E eu ainda por cima, apesar dos meus 27 anos, tenho cara de guria! Passo por 22, 23 fácil! Aí também acabo ficando nesse dilema, me pergunto às vezes se não estou passando do ponto por, além de ter cara de menina, adorar vestidos fofos. Mas ó, vamos aproveitar enquanto dá, neam? Alimentar a criança interior é questão de sobrevivência da alma. 😉

    Bjos, Cintia.

  • Nádia Souza

    Adoreii!
    Tenho 26 anos e ADORO vestido fofo, rodado, babado, estampa romântica, coisa e tal (talvez por isso eu adore a Antix também), mas sempre acabo pensando se não to velha pra isso… nunca deixei de usar por esse motivo, mas agora vou usar um pouco mais confiante! hihihi

    Beijos!

  • Lindos looks! Um viva à menina que vive dentro de cada uma de nós! Apoiadíssima.
    E não abandone seu coturno mesmo não, comprei um igual pra usar inspirada nos seus looks, adoro! Também aprendi a transformar vestidos em saias ou blusas, graças a você! Excelente blog com dicas super usáveis e inspiradoras, ao alcance de todas. 😉

    Beijo!

  • Nossa, essa Antix é linda, sou de BH e ainda não conhecia. Mas achei os preços de lá bem salgadinhos tbm.

  • Mayara Franca

    Querida, eu sinto essa pressão, hahahaha. Até os meus alunos comentam, um dia estou mais esportiva, outro dia mais meiga, outro rockeira, outro fofa. Por isso que curto tanto o seu blog, você também é tudo isso.
    E bem tenho meus 25 anos, mas ainda com cara que passa por 20.
    Quanto ao post abaixo, achei muito legal as havaianas da Andrea Barra, sério, muito lindas, mas não tive coragem de pagar 50 reais por elas, e achei um biquiní lá lindissimo tbm.

    Fofo demais o vestido, só faltou um batomzinho!
    Bom fim de semana!

  • Oi Jojo, que abordagem boa! Daqui a poucos anos chego na casa dos 30 e me pego sempre pensando se meu
    guarda-roupa está acompanhando essa transição, e na maioria das vezes a resposta é não, e isso as vezes
    é super tranquilo pra mim, porque minha roupas atuais são como eu me sinto hoje, então que mal tem eu me
    vestir assim se estou bem, mas aí vem a voz chata me falando preu ter cuidado e não virar uma vozinha
    sem noção e fico nessa sinuca de bico, que é toda muito chata, afinal todos deveriam vestir como querem não é mesmo?
    Mas não consigo ser totalmente contra o sistema e ser livre assim, então ler seu texto foi um respiro leve pra mim e imagino que
    pra muitas outras mulheres com seus quase 30 ou já neles. 🙂

    Beijos, Kênia

  • Claudia Fermiano

    Jo, acho que eu só havia comentado aqui no blog uma vez, mas hoje fiz questão de me pronunciar… Hehehe
    Primeiro: Que vestido maravilhooooooso! Amei os dois looks, mas o segundo me encantou de tal forma que me fez ter vontade de sair exatamente assim de casa! 😉
    Quanto à fofurice e os vinte e tantos anos, sempre me pego pensando nessas mesmas questões que você citou, sou completamente louca por laços e vestidos/saias rodas, e não dispenso nem para ir ao trabalho, que mesmo não sendo um ambiente "formal" consigo sentir as pessoas me olhando de forma meio torta… Mas quer saber, esse é meu jeito e me sinto bem dessa forma!

    "Mas, pra finalizar, fica aqui o meu pleito, vamos ser fofas sempre!"

  • Anônimo

    AMEIIII O LOOK!
    SIMPLESMENTE LINDO DE MORRER!
    Vontade de morder de tanta fofura!
    Eu sofro com isso.. pq adoro ser fofa, mesmo nos meus 25 aninhos!
    Não é nada fácil advogar quando vc quer ser fofa… os clientes não dão 100% de credibilidade.. mas nem ligo, por que com o resultado do meu trabalho posso mostrar o quão adulta eu sou dentro de um vestidinho rodado e meigo!

    Amo seu blog, acompanho todos os dias…
    Ta linda! Parabéns
    bjos

  • Adorei! Look fofíssimo!

  • Amanda

    Você não está sozinha, as vezes tenho esse tipo de conversar com essas vozezinhas… Adorei tudo, muuito lindo

  • Amei o post, o engraçado que estava pensando sobre isto essa semana. Eu, com 24 anos, simplesmente amo roupas nesse estilo e as vezes percebo que as pessoas "cobram" que você seja diferente, o tal do "mais madura"! Mas, é como você diz, se a gente se olha no espelho e se acha bem assim… VAMOS A FOFURA!!!!!

    Ah, esse vestido da Antix é muito lindo, fofura nível extremo…rs

    Bjux, Jell
    http://www.urbanoeretro.com.br

  • Lili

    Oi, Jojo, sigo há tempos seu blog. E hj fiquei com vontade de comentar, tb sinto isso, eu tenho 41 anos e tenho 1,61 de altura, sou pequena, e por isso me dou o direito de me vestir assim de vez em quando…não sei se é ridículo prá mim, mas a verdade é que não me sinto nenhum pouco velha muito pelo contrário, tenho vontade de usar essas coisinhas…e uso! Acho que isso tem muito mais a ver com o seu jeito de ser, do que sua idade… É isso! Bjs

  • Nós somos muito cheios de preconceitos, no sentido literal da palavra, ou seja, um conceito prévio e esse é um desses: já tenho 30, tenho que deixar de usar saias rodadas, blusas de babados, etc. Abaixo os preconceitos. Você ficou linda e confiante, é isso que importa. Eu tenho 31 e usaria muito esse vestido. Bjs

  • Ariane

    Nunca comentei em blog de moda, sempre dou uma olhada aqui, outra ali, tudo sem compromisso. Mas precisava dizer que gosto muito do teu blog, talvez o único que eu gosto de verdade. De cara já gosto da tua transparência por anunciar um "publi" assim, no título, e adoro como você escreve. Acho que é mais que um blog de moda, é sobre as reflexões que a gente faz mesmo, e tudo começa com a roupa que você veste, afinal, é assim que a gente sai de casa (se alguém sai pelado aqui, desculpe rs). Enfim, parabéns pelo blog, parabéns pela iniciativa (mesmo tendo acabado, foi bem legal – muito embora eu pense que adoraria fazer, mas tenho TÃO POUCA ROUPA, que não daria pra fazer nem 1 semestre sem Zara –até pq só tenho 1 vestido Zara, então rs–)

    Falei demais! Ufa!
    Super beijo!

  • Final de semana passado comprei um vestido rodadinho assim, com rendas e frufrus.

    Passei por uma situação parecida: todos os que escolhi eram meio "fofos".

    De repente, parei e me perguntei: isso é roupa para uma advogada? Aí pensei: Bom, pra trabalhar realmente não dá. Mas, fora do escritório…

    Essa sou eu, ora fofa, ora sensual, as vezes mais séria, outras apenas livre.

    Concordo plenamente com tudo que escrevestes, e os looks ficaram uma graça.

    Tu sempre arrasa!

    Beijos

  • Esse vestido é um absurdo de beleza. P.s. Qual tamanho você veste, qual sua altura? Beijos!

  • Acho que esse é o vestido mais lindo que a Antix fez!
    Ainda falta um pouco pra eu chegar nos 30, mas entendo um pouco do que você falou, já que não é a maioria das pessoas que se veste "fofamente" hehe. Mas eu me sinto bem me vestindo assim, isso que importa!

  • Jojo,

    amo as estampas da Antix, adorei os looks e adorei você falar sobre a nossa idade kkkk
    Na verdade, nós mulheres temos a idade que quisermos 😉
    "A idade não depende dos anos, mas sim do temperamento e da saúde; umas pessoas já nascem velhas, outras jamais envelhecem. (Tyron Edwards) "

    abraços

    Ariadna

  • Nossa, tô numa fase assim. Você descreveu perfeitamente. Esses dias fui numa festa informal familiar à noite (!) com um vestido Antix também de gola boneca e estampa de corujinhas, mesinhas e abajur… Enfim, aquela fofura. Eu, com meus 28 anos, saio do quarto e minha mãe lá me olha e diz: "Você não acha que, com quase 30, você tá vestida muito infantil, não?". Fiquei meio desconcertada… De fato, tô nessa fase mesmo de reparar as diferenças no meu rosto, o olhar cansado (comprei creminho já) e bate aquela deprê leve. rsrs Nada sério.

  • Oi Jojo!!!
    Aos 31 anos não me sinto a vontade com roupas muito sérias!
    Acho que a fofura combina mais comigo…e nos deixa com carinha de mais nova! Rssss… quem não quer isso???
    O vestido é lindo!!!
    Fofo demais… do jeito que eu gosto!!!
    Tá linda..
    Bjão

  • Jojo, que coisa mais fofa!!!
    Eu adoro seu blog e hj resolvi comentar!
    O segundo look ficou simplesmente encantador!!! Vontade de copiar tudinho!!!
    Amei muito sua reflexão e sou apaixonada pela antix, e tenho 30. Inclusive há um tempinho provei exatamente esse vestido e não consegui levar pq bateu uma culpa, um constrangimento, sensação de que uma mulher de 30 não deveria se vestir assim… Mas a verdade é que AMO coisas fofas, vestidos lady com ares retrô! E sua reflexão me trouxe um alívio por saber que não sou a única! haha E vontade louca de voltar na loja pra buscar o vestido fofo que tanto amei! Beijos!

  • Angela Holanda

    Jô, eu tenho 24 anos e vários vestidos fofos! Sempre me pego pensando nessa situação, pois adoro peças fofas e detalhadas, mas fico achando que deveria investir meu pouco dinheirinho em algo que dure até várias idades. Enfim, compro e continuo comprando o que acho lindo!
    Você é show!

    Bjos, Angela!

  • Não, não é só você que sente essa pressão para deixar de usar roupas "fofas" à beira dos 30 anos. Me sinto particularmente "culpada" quando comentam que tenho 20-22 anos. Penso: " Será que dizem isso por eu realmente ter cara de mais nova ou estou forçando a barra usando roupas fofinhas demais?"
    Já não basta a pressão dos outros, nós também nos pressionamos e culpamos até mesmo pela forma como nos vestimos…

  • Aí meu Deus!!!!!!! Quase morro qndo vi pelo face que tinha post novo e q vc tava usando o vestido q eu venho babando há alguns dias!!!!!!!! Tava olhando os preços ontem… um tanto salgadinho para uma assalariada como eu (kkkkkk) e eu tbm tô nessa de me questionar ao usar roupas super fofas, já tenho rostinho e corpitxo de menina e agora que casei com meus 24, fico pensando se devo usar roupas com caras de "casadas" , "senhoras", tipo "mulher madura"…. mas eu amo tanto esse jeitinho meigo!!!! E como sou super fã e super viciada no sei blog, agora tive a certeza: vou comprar meu vestido!!!!!! Bjão amore!!

    E não deixa nunca de vir aqui nos inspirar!!!!!
    ^^

  • Anônimo

    O post ficou bárbaro! Como tenho 31, já me peguei em diversos momentos com esse mesmo questionamento. Mas descobri cedo que não dá para esconder-me atrás daquilo que as pessoas pensam que eu devo ser. Uso flores, babados, laços, rendas (Elie Saab está aí, toda estação, me fazendo reafirmar meu gosto pelas minhas feminices), e o que mais eu achar que vai me deixar feliz. Exatamente como você disse, Jojo, dentro de cada mulher de 30, 40, 100 anos, sempre vai morar a menina de 16. Parabéns pelo blog, sempre lindo! Um cheiro! Raidira Paz.

  • Oi!! Essa é minha passagem primeira pelo seu blog — super recomendado pelas amigas mais queridas, bem-vestidas e sem frescuras que tenho. E depois de passear nele e gostar muito 😉 volto para o último post, sobre roupas fofas x as fatídicas três décadas. Em primeiro lugar: a-mei o vestido e a proposta da saia branca por cima mais ainda. Tenho 33 anos na cara e essa vozinha agora vem me assombrando tb..,"Laís. vc tem mais de 30, até qdo "pode ser fofa?". Isso pq tenho um armário cheio de itens rosa-antigo ou chá, vestidos e mais vestidos com laçarotes, mangas bufantes e saias plissadas…qq coisa mais retrô com florezinhas em uma loja já faz uma amiga de infância ou recém-conhecida dizer "é suuuua caraaa". Rs. Olha Jô, depois de muitos autodebates, não tem jeito. Se isso é ser fofa, ok, serei fofa na indumentária até qdo me der vontade. Por dentro é que as coisas mudam, e como mudam. Então, viva a fofura e seu blog superbacana!! Bj

  • Oi Jojoooo!!

    Adorei o post pois é um tema que realmente passa por nossa cabeça vez ou outra a medida que vamos envelhecendo. Eu tambem amo roupas fofas mas confesso que hoje uso menos laçarotes e vestido de estampas fofas que antes.

    Achei o segundo look lindo e devidamente fofo sem excessos. O vestido em si acho over, por isso não gostei muito do primeiro look, mesmo com o coturno pra quebrar a meiguice açucarada. Amei a estampa, mas como vestido merecia um modelo um pouquinho mais "menina-moça"

    🙂

    Enfim, so minha opinião e pra dar um "alo" de que continuo acompanhando o blog, amo e não largo!!

    Beijos
    Kinha

  • Caroline®

    Eu acho que a questão toda é de adequação. Adequação da roupa ao estilo próprio da pessoa, à cara que ela tem com o passar dos anos, ao local onde vai ser usada… Por exemplo, eu não tenho jeito naturalmente fofinho, então uma roupa de babadinho, rendinha e frufru não vai ficar bom em mim. Também não tenho uma cara mais juvenil, então esse tipo de roupa não "orna" comigo. E pra trabalhar, dá uma infantilizada que também não ajuda na imagem. Mas, se a pessoa tem esse estilo, e se usa com bom senso, a idade não é um obstáculo pra continuar sendo fofa.

  • Nao sou de comentar em blogs, apesar de ser uma leitora assídua e concordo plenamente com você.
    Sou uma adepta a vestidos e saias fofas e muitas vezes eu penso nisso. De até quando eu irei usar apesar de ter 22 anos e ser publicitária. A agência que eu trabalho permite esse tipo de vestuário, mas quando vou ao cliente, ele irá respeitar?

    Mas que seja, irei continuar lutando pelo direito de usar vestidos fofos para todo sempre 🙂

  • Oi Jojo! Amo seu blog e sempre tive uma curiosidade, rs. Você compra seus óculos na zeroUV e manda entregar aqui no Brasil? Se sim, é tranquilo ou vc já foi taxada? 🙂
    Muito obrigada! Beijos

  • Enquanto ornar, tá valendo

  • Anônimo

    Lindo vestido,eu que tenho 41 anos usaria na boa,pois tenho um todo rodado,as vezes fico pensando se não vou fazer papel de ridicula,mas eu acho tão fofo e gosto muito,então não to nem ai uso mesmo,o que importa é a gente se sentir bem e feliz.
    Beijos,como sempre linda.

  • Jo, que vestido lindo!!
    Tenho a sua idade atualmente e também vivo o mesmo dilema. Mesmo porque sou uma romântica o que clarrro, aparece nas minhas peças. Mas gradualmente acho que acabei abandonando um pouco os babados e ficando mais clássica/casual, mesmo inconsciente. Mas claro, quando me deparo com uma fofurice na vitrine, não penso duas vezes e me jogo mesmo!!! O que tem demais parecer bonequinha de luxo??rsrs
    Acho que não estando fantasiada, vale tudo!
    Beijos, apesar de nem sempre comentar aqui, adoro seu blog 🙂

  • Adorei!!! Visto direto roupas fofas, hoje mesmo estou com uma. Abs

    http://www.umdiasereichef.blogspot.com

  • Anônimo

    Sempre olho o blog, mas nunca comentei. Desta vez me senti obrigada a te parabenizar, tanto pela sua opinião quanto às roupas fofas, quanto pelo modelito escolhido e a combinação vestido e saia (segundo look) que ficou um arraso! Amei 🙂 Beijo pra você!

  • minha estampa <3

  • Anônimo

    Oi Jo!

    Me identifiquei 100% com essa luta pela fofura! É um terror ter que usar terninhos, quem disse que a gente nao pode mais ser meiga?
    O dilema é grande e eu sempre peso as cores principalmente (laçarote no cabelo sim, agora rosa e com bolinhas não tá rolando né? limites).
    … É complicado mesmo, mas tem sempre uma vizinha, uma amiga ou mesmo uma anonima pra nos apoiar.
    Uma vez estava usando um vestido florido rodado, meu xodó, e uma senhorinha (!) veio elogiar, disse que eu me vestia muito bem e as meninas de hoje deveriam se vestir mais assim. Ganhei o dia e me senti nos anos 50!

    Beijão de sua conterranea!
    Carla

  • Anônimo

    (esqueci de dizer, tenho 28 anos e detesto responder a minha idade pros outros. Quem já reparou que só homens perguntam isso? – Carla)

  • MAC

    Sempre penso nisso quando vejo alguma Melissa nas vitrines.

  • Eu to achando voces todas sem nocao… morrendo de rir aqui com os comentarios de meninas de 26, 27, 28, falando de prazo de validade pra ser fofa.
    Eu tenho 43, tenho um vestido desse modelo, com um pouco menos de roda, e estampa mais seria. Uso com um sapato de salto inteiro, como esse seu preto e venho trabalhar com ele. Quando tenho reuniao boto um blaser em cima e fica tudo lindo. Tudo e' como voce usa a roupa.
    Meninas, vao procurar outra coisa pra se preocupar, ta? Hahahahaha!

  • Gente eu tenho 31, usaria o vestido com o coturno e não aguento essa pressão do é fofo mas é mais para sua idade

  • Eu sou a favor da sua tese que fofura não tem idade. Tudo bem que eu talvez seja um pouco suspeita pra falar (tenho 16 anos e um guarda roupa cheio de saias rodadas e blusas fofinhas), mas qualquer um percebe que pessoa fofa causa sorrisos. Não é verdade? Quando vc vê alguém na rua com um vestido tipo esse (que aliás, é maravilhoso), mesmo sem conhecer já dá aquela sensação de que a pessoa parece ser uma boa amiga e que o mundo precisa de mais gente assim. Principalmente se for mais velha, quer dizer que cresceu mas não deixou de ser uma menininha de fato. Eu admiro muito gente assim, e tô feliz que mais alguém pense igual a mim. Quero ser fofa pra sempre! haha

  • Fofa demais!

  • Anônimo

    Ta lindo, feminino e fofo. Não achei infantil, como disse a Alice esse estilo "fofo" é legal e taí a Zoey deschanel referência em moda, pensei nela na mesma hora que vi seu look.

    Daniele

  • Anônimo

    Oi Jo! Não costumo comentar aqui, mas tenho notado alguns posts recentemente referentes a padrões de beleza e comportamento, então não consegui me abster mais! hahaha Ó, quer saber de uma coisa? Se joga, menina! E isso vale pra todas as outras leitoras também. Você é autêntica por natureza, dá pra notar pela criatividade nas suas combinações. Então, manda esses padrões pra puta que pariu e veste o que quiser, quando quiser! Toda mulher sofre essas pressões da sociedade o tempo todo. Não pode ser magra demais, nem gorda, nem alta demais, nem baixinha demais, nem negra, tem que ter cabelo liso, roupas na moda, cuidar pra não envelhecer cedo… Mas esqueceram de lembrar a galera de uma coisa: A GENTE É DE PELE E OSSO!!! Não existe photoshop na vida real. Então, sejamos quem somos e queremos ser, quando o quisermos! Somos todas elegantes, bregas, na moda, autênticas, fofas, sem graça, cheias de vida… pra quê se definir?!
    Arrasou na roupitcha, linda! Amo esse coturno de paixão.
    Bêzo!
    Mariana

  • Tenho essa dúvida desde os 30, hoje tenho 38, mas sou baixinha, tipo mignon, não parento a idade que tenho e gosto de roupas "fofas". Aí me lembro da idade que tenho e fico preocupada com o que as pessoas vão pensar, se não estou sendo ridícula. Mesmo lendo tantos incentivos e que a nossa idade está na nossa cabeça, acabo ficando com certo receio na hora de vestir fofices…

  • Jojo, você me inspirou, fiz um blog pra mim. Beijo, continue fofa.

  • Eu ainda não conhecia seu blog e adorei!
    O modo como você conta sua reflexão, é tão poética!
    A fofura começa a partir das palavras!

    juliamodelodemodelo.blogspot.com
    juliamodelodemodelo.blogspot.com

  • Mas as botas tiraram o aspecto menininha. Teria ficado se estivesse de sapatilha.

  • Ameeei esse post. Achei a minha cara, amo coisas fofas. E que vestido mais lindo!!!
    Tudo maravilhoso!

    http://delicadaelegancia.com/