Um dia discreto
8 de agosto de 2014 POR Jojo COMENTA AQUI!
Às vezes eu fico olhando as coisas que eu escrevo aqui, os posts, um dia após o outro, e fico pensando que vocês devem achar que eu sou meio bipolar.Tipo ontem que eu fiz praticamente um manifesto sobre pesar a mão nas cores pra alegrar o inverno. Daí, você entra aqui no UASZ hoje, crente que vai ver outro look vibrante, laranja, rosa, amarelo, sei lá, e se depara com vinho, azul marinho e cinza.

A verdade é que talvez eu seja meio bipolar mesmo, ou talvez toda mulher seja um pouquinho bipolar quando o assunto é moda.

Tem dias que você tá pra cima e quer aparecer pro mundo. E você ousa, aposta numa combinação que você nunca fez, tira da gaveta um acessório extravagante, ou escolhe a cor mais chamativa do armário. E a atenção das pessoas de onde você passar vão estar em você. E tudo bem, porque você tá com a corda toda.

E tem outros dias que você tá mais introspectiva, quer ficar na sua, pensando na vida, nas coisas que você tem que fazer. E aí, a última coisa que você quer é ser o centro das atenções. Nesses dias, você vai pra cortes mais clássicos, cores mais discretas, acessórios mais minimalistas.

Pra mim, esse foi o caso de hoje. Acordei devagarzinho, com preguiça de encarar o dia, mas, já que não dá pra ficar na cama em plena quinta-feira, escolhi um look fácil, clássico e com um charme discreto pra ir trabalhar.

Nada de mix de estampas, nada de cores fortes. Uma calça social curtinha bem clássica num tom de bordeaux, combinada com uma camisa de seda com estampa super discreta de florzinhas e trenchcoat azul marinho por cima. O legal é que esse look o look não precisa ser todinho preto pra ser discreto e elegante.

E, como era pra ser discreto, mantive sapatos e bolsa em tons de nude. O sapato era super clássico, com bico fino e ponteira preta e a bolsa, apesar da cor neutra, dava um ar mais girlie pra produção.

Por último, como o tempo tá muito seco e o meu cabelo tá se comportando de um jeito bem estranho, resolvi prender tudo. O segredo foi ir torcendo mechas de cabelo e prendendo com dois grampinhos na parte de trás da cabeça de forma meio desordenada mesmo. Eu nem consegui ver direito no espelho, mas o povo do trabalho gostou.

No fim das contas, acabei ganhando mais elogios do que eu esperava pro look discreto. Tem dessas também, né? Às vezes, quando você menos espera, a vida vai e te dá aquele incentivo pra você voltar a querer aparecer de novo. 🙂

Créditos:

Body: Andrea Marques
Calça: Andrea Marques
Trenchcoat: Maria Bonita Extra
Sapatos: Arezzo
Bolsa: Asos
Batom: Diva da MAC