Girlie Buenos Aires
25 de novembro de 2014 POR Jojo COMENTA AQUI!
Desculpa por ter sumido aqui, gente!!! Semana passada foi daquelas doidonas e, pra completar, ainda teve feriadão aqui em São Paulo!

Mas cá estou eu se volta pra gente botar todo o papo em dia!Bem, quem segue o @mourajo no Instagram (eu sei, sempre faço esse mini auto-jabá, mas é que posto muita coisa lá primeiro, entonces, vale a pena acompanhar), viu que eu passei um feriadão bem girlie lá em Buenos Aires. Pois é! Catei algumas das minhas melhores amigas + o meu melhor amigo e fomos aproveitar o feriado fazendo o que a gente adora: hablar, comer e beber! (e não precisa se preocupar com o namo, ele estava em ótima companhia viajando com os amigos dele também).

Eu já fui pra Buenos algumas vezes e confesso que a gente escolheu passar o feriado lá justamente por isso. Eu tava precisando relaxar e não queria ficar na função turística. Queria ir pra um lugar que fosse mesmo mais familiar pra não ficar naquela sede doida de querer conhecer tudo em 4 dias (acreditem, quando eu viajo pra lugares novos, viro a maníaca da programação).

Buenos Aires era uma alternativa super gostosa e que todas nós já conhecíamos. Então, a gente se deu o luxo de passear sem pressa e ocupar grandes partes dos dias com o fatigante exercício de levantar taças e garfos.

Por outro lado, o bom de Buenos é que, não importa quantas vezes você já esteve por lá, sempre tem coisa nova pra ver. Eu já tinha feito dois posts sobre a cidade (pra quem não viu, olha eles aqui e aqui), mas o de hoje tá recheadinho de novidades. Vamos a elas?

Novidade #1: o hotel

Quem vê o L Hotel da rua, não tem ideia do tesourinho que a fachada marrom esconde. Digo esconde porque o que está lá atrás parece um segredo bem guardado mesmo. Ao entrar, a gente se depara com um lounge/recepção num estilo quase inglês. Pufes e poltronas te convidam a se sentar enquanto o check in é feito bem ali, em duas mesinhas pequenas, tudo num clima informal e simpático.

Os quartos não são grandes, mas também não são pequenos. A cama é daquelas que abraça e o único ponto de atenção é que, se você gosta de dormir até tarde, vai sofrer um pouquinho com as conversas dos hóspedes passando na frente do quarto pela manhã. Nada grave. Confesso que acho bom ter um estímulo natural pra acordar quando estou viajando (odeio acordar tarde em viagens).

Mas é na área aberta depois dos quartos que o L Hotel mostra todo o seu charme. Uma área pequena, porém cheia de encanto. Muros de heras por todos os lados parecem a continuação natural do gramado verdinho e macio que cobre todo o chão. No meio, uma piscina verdinha. Não, não era azul. Era verdinha. E linda. Nos cantinhos flores lilás brotavam do meio do verde.

O nosso Jardim Secreto, como eu apelidei esse cantinho do hotel era tão charmoso e convidativo que, por duas vezes ao longo dos 4 dias virou o nosso point. Tacinhas de vinho branco nas mãos, toalhas brancas em cima da grama e papo varando a tarde. Tem coisa melhor?

Novidade #2: o brunch

Ok, tinha uma coisa que o nosso hotel deixou a desejar: o café da manhã. Entonces, depois de dois dias desejando huevos revueltos, resolvemos desbravar o bairro em busca de um café da manhã dos deuses. Acabamos no Home Buenos Aires, um boutique hotel ali pertinho com um brunch de comer de joelhos. Além de um ambiente super delicinha (o hotel em si é super moderninho, mas a área externa, onde a gente se sentou, é super verde, perfeita pra um dia de sol gostoso), a comida é de babar.

Minhas escolhas: ovos benedict em cima de muffin com batatas e saladinha de rúcula e, de sobremesa, o MELHOR cheesecake de todos os tempos. Pode acreditar em mim.

 

Novidade #3: o barJá que estamos falando de surpresas, o Floreria Atlântico não poderia ficar de fora. Veja bem, trata-se de uma floricultura fofura pura. Flores lindas e arranjos charmosos. Na parede ainda tem um banho de vinho argentino delícia pra fazer o combo flores + vinho de presente para a pessoa amada.

Tudo lindo, tudo certo. A lojinha é de verdade e funciona bonitinha. Maaaaas, ali no cantinho tem uma porta de freezer. E você tá crente que é um freezer mesmo, daqueles que tem em floricultura pra deixar as flores refrigeradas pra não murcharem. Ahá. Lêdo engano.

Ao abrir a porta, você se depara com uma escadinha estreita. Quase um buraco da Alice. Descendo pelos degraus já dá pra ouvir o burburinho. Lá embaixo, um bar comprido e estreito e cheio de gente animada conversando. Tem coisa mais legal?

Se a surpresa não fosse suficiente, os drinks já seriam. Pra começar, eles tem uma produção própria de gin feito com mate. O tal gin serve como base pra os mais diversos tipos de drinks. Pra comer, a entrada de cogumelos é de fazer chorar.

Novidade #4: o restô

Eu já tinha ido no Green Bambu há muitos anos (na primeira vez que fui a Buenos Aires). Mas foi dessa vez que eu me dei conta do quanto ele é gostoso. O ambiente é super divertido, com carinha oriental moderna e descontraída. A gente pegou um tatame pra 6 pessoas e ficamos lá durante horas experimentando de tudo. O menu vietnamita tem um monte de coisas gostosas de diferentes. Eu amei o rolinho de massa de arroz e os crisps de batata doce com camarão. Ah! E o pisco sour é uma delícia!

Novidade #5: surpresa!

A novidade 5 merece um post todinho dela!
Conto no próximo post!

Amanhã tem, não um, mas dois posts! Só pra compensar a minha ausência!

E quem não segue o @mourajo, pode tratar de entrar lá no Insta e começar a papear comigo lá também!

Muah!

 

  • Angel

    quero ver esse look!! mostra!

  • Dia 13 de noite fui pra la com Mami e peguei umas diquinhas por aqui, já que eu queria ficar em Palermo. Ficamos no Aspen Square, ela adorou. Curtimos uma piscininha relax no fim de tarde, e comprei tranqueirinhas na Gurruchaga. Comemos tããão bem que meu estomago chora de saudade só de ouvi falar em Buenos Aires…. Obrigada por dividir essas coisas!

  • Jô, sua ausência foi perdoada pelo motivo nobre. E em falar de motivo, e por estarmos em um blog de moda que preza uma boa compra com bom preço, vamos falar de preços justos para viagens… queria MUITO saber quanto fica uma viagem como essa que você fez? Qual a média de preço dos hotéis e dos gastos diários?