Fizemos a análise de cor da Jojô!
13 de junho de 2016 POR Carlinha e Carol COMENTA AQUI!

Aproveitando o gancho da semana passada, em que a Jojô contou um pouco pra vocês sobre o nosso trabalho como consultoras de estilo, hoje a gente tá aqui pra falar exatamente sobre isso.

Uma das maravilhas de passar por uma consultoria de estilo é descobrir qual é a sua cartela de cores. Calma, a ideia aqui não é limitar a sua vida a apenas algumas cores e descartar todas as outras. A cartela de cores nada mais é do que uma recomendação de quais cores mais te favorecem e como usá-las pra se sentir ainda mais linda.

Com certeza você tem alguma peça de roupa que, sempre que tenta usar, se olha no espelho e acha alguma coisa estranha, é ou não é? Provavelmente a cor da tal peça não está ajudando.

A gente mesma já passou por essas situações. Por exemplo, a Carol AMA laranja. Mas sempre que colocava um vestido laranja que ela tinha e curtia muito, acabava se arrependendo. Foi através da análise de cores que ela descobriu que seu tom de pele é frio e o laranja (quente) acabava não favorecendo tanto. Por outro lado, a cartela ajudou a Carol a entender porque azul e preto sempre foram cores que lhe caíam bem.

A verdade é saber que cores combinam melhor com o seu tom de pele vai te ajudar a entender melhor a sua relação com as suas roupas, o que vai acabar te ajudando a comprar melhor e economizar tempo na hora de se arrumar pela manhã.

O negócio é tão bacana que até a Jojô quis fazer a análise de cor dela. A gente amou a ideia, especialmente por ser um ótimo jeito de mostrar como a história toda funciona. Então, vamos lá!

Como a Jojô mora em São Francisco, tivemos que fazer a análise dela virtualmente. Ela nos mandou duas fotos, sem maquiagem e com iluminação natural. A partir das fotos a gente parte pra análise da cor da pele.

O primeiro passo é identificar se a pessoa (nesse caso, a Jojô) tem pele quente (subtom amarelado) ou fria (subtom rosado). Depois, a gente avalia o contraste (entre pele, cabelos, olhos, boca e sobrancelha) e a intensidade dos traços (se mais delicados ou mais marcantes).

É essa avaliação que vai determinar qual a sua cartela de cores. O método de análise que a gente usa é chamado sazonal: ele usa as estações do ano para ilustrar quatro possibilidades de cartelas – primavera, verão, outono e inverno. Duas dessas cartelas são consideradas cartelas frias (verão e inverno) e duas são cartelas quentes (primavera e outono).

Cores1 Cores2 Cores3 Cores4

A Jojô foi um caso difícil porque ela tem uma pele meio mista, mas tende pro quente (subtom amarelado). Depois de muita análise, acabamos recomendando pra Jojô a cartela primavera, cheia de cores quentes e vivas, mas ao mesmo tempo, muito versátil. Tudo a ver com a personalidade dela!

A gente tava super confiante na recomendação, mas tivemos a certeza de que acertamos quando apresentamos a cartela pra Jojô. Ela contou pra gente que, inconscientemente, já evitava tons frios (como o rosa e o verde) e abusava de tons quentes (como o batom vermelho que ela adora). Olha só como a Jojô já era primavera sem nem se dar conta:

CoresJojô

Descobrir a sua cartela de cores pode ser um divisor de águas. Ela é uma ferramenta muito bacnaa pra te ajudar a direcionar a escolha das partes de cima, maquiagem, bijoux, lenços, enfim, tudo o que fica mais perto do rosto.

Também é legal considerar a cartela praqueles eventos em que a gente tem de escolher uma roupa de uma cor só (tipo quando a gente vai ser madrinha de um casamento).

O legal é entender como a cartela funciona e usar isso a seu favor, sempre pensando em facilitar a vida e não em limitar as suas escolhas. Conhecendo a sua tabela, você pode combinar cores que estão fora dela, com outras que estão nela pra equilibrar o look. Por exemplo, se um dia a Jojo (que tem um tom de pele quente) quiser usar uma blusa de cor fria, ela super pode. Pra deixar tudo mais harmonioso, basta apostar num lenço de cor quente no pescoço ou ainda num batom ou blush quentes. Um brincão também funciona.

Bem, se você animou a descobrir a sua cartela de cores também, a gente recomenda o Descubra seu Estilo (a Jojô comentou sobre ele nesse post aqui), uma iniciativa nossa pra tornar a consultoria de estilo mais acessível. Nele, a gente vai te ensinar a ter uma relação mais saudável e feliz com a moda e com o seu armário. E, lógico, quem participar do curso online vai descobrir sua cartela de cores e entender exatamente como usá-la no dia a dia.

Ah! E se você tiver alguma dúvida, deixa aqui nos comentários que a gente vai ficar feliz em responder!

Assinatura_de_Estilo

  • mylla buson

    Pode acontecer de termos duas ‘paletas’? É que já fiz essa análise, e o que me foi indicado foram as paletas da primavera e outono…

    • Carol Mantovani Caliman Peroba

      Oi Mylla! Na verdade, isso pode ter acontecido porque essa analise é bem subjetiva e as cartelas de uma mesma “temperatura” (rs), que no seu caso são as cartelas quentes (primavera e outono), tem muita afinidade. Assim, se vc foi avaliada por pessoas diferentes, em luzes diferentes, em momentos distintos da sua vida, pode ser sim que essas pessoas tenham avaliado seus traços (em aspetos como intensidade, contraste, etc.) de forma diferente.

      Uma coisa é certa: pelo o que vc contou, seu subtom é quente/amarelado. Por isso, meu conselho é: escolha a cartela com que vc mais se identifica! E claro, lembre-se de não ficar refém dela!

      E se quiser saber mais sobre o assunto, participa do Programa Descubra Seu Estilo (www.programadescubraseuestilo….), a gente vai ter uma aula inteirinha so sobre cores!

      Bjs!

      • Jojo

        Ótima pergunta e ótima explicação, Carol! Ajudou a esclarecer coisas pra mim também.

        • Carol Mantovani Caliman Peroba

          Muahhhhh!!!!!

          • Mylla Buson

            Amei muito a explicação. No meu caso, fui avaliada pela mesma pessoa e na mesma ocasião.
            E realmente lembro dela ter me falado que meu subtom é amarelo/quente.
            Com certeza irei acompanhar o programa! Valeu! Amei o tema do post, jojo!!

  • Pingback: Minha escala de cores na prática – Não Repete()

  • Carol Mantovani Caliman Peroba

    Oi Mylla! Na verdade, isso pode ter acontecido porque essa analise é bem subjetiva e as cartelas de uma mesma “temperatura” (rs), que no seu caso são as cartelas quentes (primavera e outono), tem muita afinidade. Assim, se vc foi avaliada por pessoas diferentes, em luzes diferentes, em momentos distintos da sua vida, pode ser sim que essas pessoas tenham avaliado seus traços (em aspetos como intensidade, contraste, etc.) de forma diferente.
    Uma coisa é certa: pelo o que vc contou, seu subtom é quente/amarelado. Por isso, meu conselho é: escolha a cartela com que vc mais se identifica! E claro, lembre-se de não ficar refém dela!
    E se quiser saber mais sobre o assunto, participa do Programa Descubra Seu Estilo (www.programadescubraseuestilo.com), a gente vai ter uma aula inteirinha so sobre cores!
    Bjs!

  • carina mateus

    Agora percebo porque já tentei usar algumas cores diferentes mas que não me ficam bem.Nunca pensei que o tom da pele tivesse tanta influência 😉 Que boa dica !!!

    • Jojo

      Que legal, Carina! O mesmo aconteceu comigo! Doido, né? Intuitivamente, a gente já sente que não fica tão legal quanto outras cores.

  • Liza

    adorei! eu também sou primavera quente (fiz uma consultoria com a Ana, do HVAOFF ano passado) e – provavelmente por isso – me identifico muito com o seu estilo. 🙂