Como Londres influenciou o meu look
19 de maio de 2017 POR Jojo COMENTA AQUI!

Na semana passada eu fiz um post no Insta Stories contando como morar e começar a trabalhar em agência de novo aqui em Londres tem mudado a maneira como eu me visto.

Depois de dois anos trabalhando de casa em São Francisco (90% do tempo de pijama), eu voltei a ter que acordar de manhã, tomar um banho e pensar num look. Tudo isso num novo país, no meio de um inverno que nunca foi parte do meu dia a dia e num ambiente profissional totalmente novo.

A verdade é que qualquer mudança drástica na nossa rotina acaba tendo um reflexo na maneira como a gente se veste. Aqui em Londres a minha rotina mudou totalmente e cada pedacinho novo dela foi imprimindo uma mudança na maneira como eu me arrumo todos os dias.

Resolvi então fazer uma listinha das coisas que mais impactaram os meus looks nesses 7 meses de Londres. Bora?

1. O TEMPO

Eu nunca tinha vivido numa cidade com o tempo mais maluco do que Londres. Pra começar: chove sempre. Praticamente toda semana. Às vezes é o dia todo. Às vezes é do nada, no meio de um dia lindo de sol.

Também tem a coisa do frio. Nunca tinha vivido num lugar que faz frio de verdade, frio mesmo de congelar a alma. Mas as estações vão mudando e não dá pra saber muito o que esperar. Tem dias muito frios no meio da primavera? Tem. Tem dias quentes? Tem também. Tem dias que começam quentes e ficam frios? Tem, sim senhor. Tem o contrário? Tem também.

Nessas eu aprendi a checar a previsão do tempo religiosamente todos os dias e ainda assim não confiar 100% nela. Levo um casaco a mais pra todo lugar e ainda sempre com uma meia calça na bolsa. Ah! E um guarda-chuva que virou um dos meus melhores amigos por aqui.

Hoje, com um look bem meia estação com direito a canelas de fora. Mas saí com meia calça na bolsa? Saí.

Look_UASZ_1

Calça: MyFots, Tricô: Zara, Casaco: H&M, Botinhas: & Other Stories, Batom: Bang Bang da Smashbox

2. AS DISTÂNCIAS

Londres é muito grande. Muito. E tem bastante trânsito. E andar de táxi é caro. Então todo mundo anda ou usa transporte público. Eu sempre fui adepta do busão, mas, sempre que o tempo tava feio ou eu tava atrasada ou simplesmente com preguiça, acabava recorrendo muito ao táxi e ao uber.

Aqui não tem muito essa. É ônibus e metrô sempre, pra qualquer lugar, a qualquer hora, não importa se tá sol, chovendo ou nevando. E isso tem um reflexo imediato nos looks: salto virou uma coisa praticamente inútil na minha vida.

Eu tenho dois sapatos que uso praticamente todos os dias desde que cheguei aqui: o meu tênis da Adidas (que eu confesso não saber se ainda posso chamá-lo de branco) e essa botinha aí de cima que eu comprei na & Other Stories assim que cheguei por aqui. São mega confortáveis e pau pra toda obra.

3. O TAMANHO DO ARMÁRIO

A nossa casa aqui em Londres é mini. Mini mesmo. Com uma casa mini, o armário acaba sendo mini também simplesmente por motivos de não há espaço e eu tive que desapegar de muita coisa (aliás, tem uma nova leva de coisas que vai entrar na minha lojinha do Enjoei muito em breve, então fiquem de olho!).

Acabou que foi mais fácil do que eu imaginei, especialmente por conta do clima. Eu tinha muita coisa de verãozão que, francamente, não vou mais usar muito por aqui. Lógico que ainda preciso de coisas de calor pra aquelas duas semanas e meia do ano que vai fazer calor aqui em London, mas é só isso. Entonces, fiz uma mega limpa no meu armário com o seguinte critério: eu realmente amo essa coisa e vou querer muito usar quando fizer calor.

Hoje o meu armário é muito mais funcional, combina mais entre si e tem muito mais utilidade no meu dia a dia. Por ser menor, também acaba facilitando muito o meu processo de seleção dos looks todo dia de manhã.

4. O ESTILO DAS PESSOAS

Nenhuma pessoa é uma ilha. A gente tá o tempo todo observando as pessoas ao nosso redor e não tem como não isso não te influenciar nem um pouquinho. E o estilo das pessoas que vejo aqui em Londres é bem mais sóbrio. Muito preto, muito cinza, muitos neutros de uma forma geral. Talvez muito por causa do tempo também.

Mas a galera é mais minimalista e preza bastante pelo conforto. E eu deixei essas duas coisas me influenciarem sem pestanejar. Tenho usado mais preto (talvez por causa do clima também), e opto pelo conforto 100% do tempo. Tipo: calça jeans é um troço que uso praticamente todos os dias, e até as minhas estampas estão mais clássicas PB e animal print são bons exemplos. Mas a gente vai e bota tudo junto porque, né? Não resisto.

Look_UASZ_2 (1)

5. MAQUIAGEM

Com looks mais sóbrios e muitas vezes cobertos pelo mesmo casacão pesado todos os dias, a gente acaba realmente vendo o quanto um batom vermelho pode fazer por você. Eu já AMAVA um vermelhão. Mas aqui em Londres tenho descoberto novos tons e ainda tenho me aventurado a fazer aquele bocão Kendall Jenner antes dela começar a aplicar os preenchimento tudo.

Look_UASZ_3

Tenho certeza de que muitas mudanças ainda virão. Afinal de contas, o nosso estilo tá sempre evoluindo. O importante é mudar preservando o que a gente é de verdade,  né?

  • Ingrid Stammer

    Nem precisaria ir tão longe… muitas similaridades com a vida que levo aqui em Curitiba. Entre outras coisas, me tornei obcecada por previsão do tempo desde que me mudei para cá! kkk

    • Milene Szaikowski

      É o que eu ia dizer, parece Curitiba e o tempo mais louco do mundo.

  • Ingrid Stammer

    Ah, e estou ensaiando a “revolução do batom vermelho”, mas ainda não cheguei lá!

  • Anahí Rodrigues

    Estou me mudando para Londres agora em junho e essa sua análise com certeza vai me ajudar (apesar de chegar já no verão). Estou torcendo por um encontrinho com as leitoras londrinas!

    beijos!

  • Vanessa

    Só saio de casa vendo a previsão, porque SP também é bem louco né.

  • Cristina Cardoso Alves

    Amei!

  • Leila Diniz

    Eu aprendi muito com você naquele ano do desafio, a me permitir misturar peças improváveis e estou reaprendendo novamente, dessa vez comigo mesma, aliás, com minha maturidade aos 40! Ando torcendo o nariz pra várias coisas das minhas araras e acho que uma limpa está por vir. Também prezo o conforto desde sempre, agora mais do que nunca. Adoro vir aqui. Beijinhos mil. Esteja sempre com DEUS. leila diniz ( http://www.leiladinizblog.com/ )

  • Natália Arantes

    Amei o post! Estou morando em Berlin há pouco mais de 3 meses e meu guarda roupas mudou completamente. Outro clima, outro jeito de se vestir e aqui é bem parecido com Londres, tudo é feito a pé..então saltos só em ocasiões muito especiais! Parabéns pelo blog, acompanho desde o início e sem dúvida, fica cada vez melhor.

  • Lívia Hungria

    ”Mas as estações vão mudando e não dá pra saber muito o que esperar. Tem dias muito frios no meio da primavera? Tem. Tem dias quentes? Tem também. Tem dias que começam quentes e ficam frios? Tem, sim senhor. Tem o contrário? Tem também.
    Nessas eu aprendi a checar a previsão do tempo religiosamente todos os dias e ainda assim não confiar 100% nela.” #meidentifico Hahaah! O tempo aqui na Irlanda é louco igual, já tive dias aqui de no mesmo dia ter: sol, neve, gelo, chuva, tudo isso em 3 horas! Loucura! Virei obsecrada por previsão do tempo, apesar de nunca poder confiar 100%! rs! Das delícias e malícias de se viver numa ilha!

  • Grazi CMartins

    Descrevesses o clima de Caxias do Sul – RS e meu guarda-roupa, muito preto, cinza, e tons neutros, muito tenis e bota, e sempre meia calça!!!!! Ah em Caxias não pode faltar um trench coat!!! e um bom guarda-chuva!!!! bjbjbj