Dia 69
10 de Maio de 2011 POR Jojo COMENTA AQUI!

Pra quem não viu o blog ontem, essa semana estou fazendo uma (mais que merecida) homenagem ao seriado que mudou vidas, influenciou gerações e deixou sua marca na história da moda.

Hoje é dia de homenagear aquela que começou como a ovelhinha negra . A mais desengonçada, a mais desleixada, a minha, a sua Miranda Hobbes. Pois é, ela começou como patinho feio mas desabrochou ao longo da série. Saiu o terninho sem graça e entraram looks elegantes de uma mulher madura e poderosa.

Sem querer causar rebuliço por aqui (mas já causando) na minha opinião ela foi a melhor vestida dos filmes.

Pra criar um look pensei na paleta de cores que a Miranda adorava e que íam super bem com seu lindo cabelo ruivo. Muitos tons terrosos, marrons, cobre, vermelho. Tudo super quente.

Pensei também em formas amplas, elegantes, modernas com uma pitadinha sexy sem nenhuma obviedade. Porque ela era mesmo assim, sexy sem querer ser.

Eis o resultado:

Achei esse sobretudo enterrado no fundo do baú e achei ele a cara da Miranda. Mas, como SP amanhece gelado mas o clima esquenta na hora do almoço, o casaco sai e a gente tem que continuar linda, né?

A blusa de crepe, na verdade, é um vestido. E eu achei super fofo deixar a barrinha dele aparecendo debaixo da saia. Bem Patricia Field.

 

E pra arrematar, nada como a carteira mais linda, né?

Créditos da Miranda:

Saia: NK Store (herdada da mamãe)
Vestido usado como camisa: Alexandre Herchcovitch (arrematada no Bazar que o moço costumava a fazer lá no Rio com peças de coleções antigas a preços muuuuuy amigos)
Sobretudo: H&M
Sapato: Maria Bonita Extra
Carteira: Prada
Óculos: Urban Outfitters