Dias 242 e 243
2 de novembro de 2011 POR Jojo COMENTA AQUI!

Ok, pulei um dia. Foi o dia das viagens pra cima e pra baixo. Saída de São Francisco, quica em Los Angeles e depois vai direto pra Nova Orleans. De lá, pega o carro e vai pra Sanit Francisville, uma micro cidade histórica da Louisiana, que ainda guarda influências francesas. Dia cansativo, a pessoa chega A-CA-BA-DA no hotel e não consegue fotografar, que dirá postar alguma coisa que preste. Mas eu compenso e posto o look dessa saga quando voltar pro Brasil, prometo.

Bem, vamos à Saint Francisvillle. Ê lugarzinho fofo. Pra passear por essa cidadezinha bucólica, nada melhor do que sacar aquele casaquinho vintage que estava ali na mala esperando a ocasião certa para ser usado.

E sim. Eu estou repetindo a camisa terra. Porque ela é linda. Porque ela é nova. Porque ela foi de presente. Porque eu não tenho mais o que usar nessas férias. (looouca pra voltar a ter um armário completo e não só uma malinha).

E eu achei que ela ficou linda com o casaquinho vintage do meu brechó preferido de São Paulo. Pra você ver que o vintage é internacional, né? Vintage de cá, vintage de lá, São Paulo, São Francisco. Tudo se fala.

Gostei tanto que até ensaiei tirar o casaco. E não é que também deu certo? E a blusa terra brilha novamente sozinha.

Ok, primeiro di em Saint Francisville. Vamos ao segundo dia: tcharaaaam, Halloween.

E daí que no Halloween a gente resolveu badalar. Saímos da pacata Saint Francis e rumamos para Nova Orleans pra cair na baladinha da Bourbon e da Frenchmen Street.

Não poderia haver cenário melhor pro Halloween. As duas ruas estavam apinhadas de gente fantasiada no melhor clima Voodoo, como a festa é conhecida por lá. E haja produção. Casas com jardins decorados como cemitérios, esqueletos e teias de aranha pra todos os lados. E muitas, muitas abóboras.

Tipo assim, ó:

Ou assim:

Eu indico. Quem puder passar por aqui no Halloween, a experiência vale à pena.

E daí que eu tava num dilema, né? Porque até parece que eu não ía entrar no clima da festa. E, na falta de fantasia (e sem poder comprar nenhuma nova), a gente improvisa, né? Um lápis de olho preto e olha o truque:

Pronto! Toda gatinha pra uma noite de Halloween no clima.

Créditos de Saint Francis:

Short: Maria Bonita Extra
Meia: Lojas Americanas
Camisa: Haight St
Sapatinha: Dunes
Bolsa: véia
Óculos: Haight St
Casaco: À La Garçonne

Créditos de Halloween:
Maxi Camisa: Urban Outfitters
Lápis de olho: MAC