Berlim: um tantão de história pra contar
31 de agosto de 2012 POR Jojo COMENTA AQUI!

Entonces, já faz dois dias que estou em Berlim.

Vamos começar falando sobre um pouquinho de história? Acho que é o melhor jeito de começar a falar sobre Berlim. Na verdade, quando se tem pouco tempo pra ficar numa cidade, é importante separar um tempo pra cumprir o roteiro básico. E, aqui em Berlim, o roteiro básico é entender um pouco sobre a história da cidade.

Bem, começamos o nosso tour lááááá no império Prussiano (todo mundo lembrando das aulinhas de História agora), mais especificamente, no palácio da Princesa (que depois virou rainha Sophie Charlotte). Charlottenburg, como ficou conhecido o palácio é enorme, lindo e a cara da riqueza prussiana e fica bem ali, pertinho de tudo em Berlim. Aliás, Berlim tem dessas coisas, no meio da cidade, tem história, um palácio, uma catedral, um terreno arqueológico ou alguma coisa que foi bombardeada em alguma guerra. Mas, voltando ao assunto que hoje eu tô inspirada. Charlotte era uma mocinha esperta. Gostava de ler, escrever e compor músicas em um de seus pianos maravilhosamente decorados com temas chineses (último grito da moda na época e que ainda estão lá expostos no palácio). E Charlotte gostava de uma vida boa. Tanto que tentou loucamente se casar com o Luis XIV da França (rei mais bombante da época). Mas, tadinha, não conseguiu nada com ele. Mas acabou dando sorte e se casou com um outro mocinho que, logo depois do casório acabaria virando o primeiro rei da Prússia (e, nessa, a fofa virou rainha).

Daí, Charlottenburg, que era um palacinho, foi ganhando extensões e mais extensões. Hoje ele é o maior palácio de Berlim, com direito a salas enormes onde eram realizados grandes eventos da realeza e um jardim gigantesco idealizado por um famoso jardineiro trazido diretamente da França.

E você achando que o UASZ não era cultura. Olha aí. Ok… Mas você tava aqui achando que a gente ía falar so look do dia, né? É que eu realmente amo história. E essa da Charlotte é bem legal. Ok, vamos ao look.

Preciso começar dizendo que tá um calor danado aqui em Berlim. Eu não achei que fosse estar tão quente, mas o clima anda bem abafado. Portanto, a melhor solução para um dia de andanças pela cidade foi um vestidinho leve. Bem, ainda bem que, viajante preparada como sou, tinha vários na minha mala.

Pro primeiro dia, escolhi o meu xodó da feirinha: o vestidinho de estampa de pássaros. Pra dar um toque de cor a mais no look, saquei os óculos escuros vermelhos e completei com batom. E aí ficou mais ou menos assim:

E essa sou eu fazendo uma pose bem turística na frente do portal de Brandenburgo. Vale sentar na praça na frente do portal pra tomar um café. (lembrando: hoje é dia de atrações beeeem turísticas, o roteiro alternativo eu falo nos próximos dias, ok?).

E dentro do palácio pagando mico na frente do espelho da Sophie. 🙂

Acho que hoje já falei demais. Entonces, só pra finalizar, um pouquinho mais de história, só que um tanto quanto mais recente. Depois da queda do muro de Berlim, o governo alemão convidou diversos artistas pra pintarem uma parte do muro que permaneceu erguida. Hoje, esse pedaço do muro virou uma grande galeria de arte a céu aberto: a East Side Gallery. É uma delícia passear por ali no final de tarde, vendo o pôr do sol.

Ah! Preciso comentar que a câmera usada nas fotos do look de hoje aqui no blog (e vai ver ao longo dessa passagem por Berlim) foram feitas com a câmera que a Samsung gentilmente me emprestou pra viajar. Eles me deixaram ficar com a câmera (aquela mesma que eu usei nos desafios que foram ao ar aqui no blog durante esse mês) por mais uns dias (claaaaaro que eles não são bobos nem nada e sabiam que eu fotografaria mucho por aqui). Mas, o mais legal é que, sabendo que eu ía tirar férias, eles me convidaram pra participar de um evento de tecnologia que vai rolar aqui em Berlim. Mas isso é papo pra amanhã.

Créditos:

Vestido: feirinha do Center 3
Cinto: Marc by Marc Jacobs
Bota: C&A
Óculos: brechó em Buenos Aires
Bolsa: Louloux

Ah! Quem quiser acompanhar a viagem em tempo real, segue lá no instagram: @mourajo. 🙂