A moda do pijama
18 de junho de 2013 POR Jojo COMENTA AQUI!
Desde que o Marc Jacobs começou a andar por aí de pijama, fico olhando pra essa tendência e pensando: “ai, tem dias que eu queria tanto ser desapegada a esse ponto”.
Já imaginou? Aquele dia que você tá só o bagaço, que a preguiça atingiu nível máximo, você poder sair só de pijama. E o povo na rua ainda dizer que você tá super fashion? Diz aí se não ía ser êxtase?

 

Pois bem, fiquei pensando nisso um tempo, com pouca esperança de usar a tal tendência na vida real porque eu não tenho todo esse desprendimento fashion.
Daí que tô eu lá em Tóquio, passeando pelas ruas cheias de lojas gigantes que comentei no domingo, e me deparo com a Forever 21. Preciso confessar que, apesar de ex consumista convicta, eu nunca tinha entrado numa Forever 21 na minha vida.
Como eu tinha estabelecido a regrinha de só comprar coisas em lojas baratas e que não tivessem aqui no Brasil, resolvi entrar pra matar a curiosidade. Tô lá dando uma voltinha e não achando nada de mais (juro, não achei que a marca vale esse fuzuê todo, mas de repente foi só essa coleção que tava fraca), quando uma estampa se destacou em meio a multidão.
Fui averiguar. Era uma calça. Daquelas molinhas e larguinhas. Cara de…pijama. E, assim, sem mais nem menos, eu entrei na tendência.

Claro que era só a calça, né? No dia que eu usar essa calça com uma camisa da mesma estampa vocês me internam, tá? A gente entra na tendência o quanto o bom senso permite. Eu entrei só com as perninhas.

O legal é que ela tem cores bacanas de se combinar. Vai bem com preto, branco, bege, marrom. Mas, há de se ter cuidado, mesmo quando estamos falando de usar só a calça do pijama. Blusinhas de tecidos mais finos (leia-se chique, nobre, ryco) são bem vindos pra quebrar um pouco a informalidade da calça (só evite coisas que parecem blusa de baby doll, porque senão vão achar que você caiu da cama mesmo). Outra coisa bacana? Um acessório poderoso também vai deixar claro que você não está mais dormindo.

Por último, evite sapatinhos baixos que podem parecer que são sapatos de casa. Eu optei por um bem pesado e com salto plataforma alto.

Ah! E atenção para o meu conjuntinho de brincos (também diretamente do Oriente). Daqueles baratésimos mas que tem todo um charme.

Créditos:

Calça: Forever 21
Blusa: H&M
Casaco: Public Beware Londres
Sapato: Zara
Óculos: Zero UV