Dentes e padrões de beleza
11 de agosto de 2013 POR Jojo COMENTA AQUI!
Não sei se vocês repararam, mas esse mês, duas revistas de moda importantes figuraram, em suas capas, modelos com um traço em comum: dentes da frente bem proeminentes. A primeira é a Vogue com a Lindsey Wixson num look todo prateado e a boquinha estrategicamente aberta.
A segunda é a Elle, com a Georgia Jagger e o bocão que ela herdou do papai Mick ainda mais acentuado pelo batom vermelho.
A coincidência (ou não) das duas capas me fez parar pra pensar um pouquinho.
Juro que não sei de onde isso surgiu, mas fato é que ser dentuça virou vantagem competitiva no mundo das top models. Verdade, vivemos a época do questionamento dos padrões estéticos. Tá no inicinho mas eu tenho visto mais e mais revistas, e atrizes, e comerciais adotando a política do “não photoshop” (aqui no Brasil ainda estamos atrasadinhos nesse processo, mas tem um monte de outros países bombando com essa história) . E eu sou total a favor disso. Acho muito legal que mocinhas com dentinhos proeminentes também sejam consideradas lindas, especialmente porque sou a favor da auto-aceitação. E ninguém melhor pra personificar isso do que a própria Brigitte Bardot, linda, loira e com dentinhos cheios de charme.

 

Mas quando você se depara com coisas como aquele episódio do America’s Next Top Model em que a Tyra Banks convence uma das meninas participantes a raspar os dentes da frente, deixando eles mais separados pra ficar com uma cara mais diferente e, consequentemente, ser mais atraente aos olhos dos clientes (pra quem não viu, aqui tem uma matéria em inglês sobre o assunto), aí o buraco é mais embaixo.

E aí você se pergunta, pra que serve a diversificação de padrões se vamos estabelecer outros tão rígidos quanto os primeiros?  Achar o diferente bonito é maravilhoso, mas quando o diferente vira um padrão a ser copiado ele perde justamente o que o fez lindo pra começar a história.
Sei lá. Só me deu vontade de desabafar. Me conta o que vocês acham?
Ah! E só pra terminar o post: se eu soubesse que ía ser fashion, tinha pedido pra minha mãe não me obrigar a usar aquele aparelho chato na infância.
Ía ser top model hoje em dia com esses dentinhos. 🙂