Aluguel de bolsas: os meus prós e contras
12 de setembro de 2013 POR Jojo COMENTA AQUI!
Antes de mais nada, cês viram que eu tô lá na home nova do Enjoei?

Tá uma coisa linda de Jesus aquilo lá. E eu ainda do lado da Betty Lago e da Ana do Hoje vou Assim Off. Confesso ter me sentido diva.

Mas chega de rasgação de seda pra mim e pro Enjoei. Tô, há um tempão, pra escrever esse post sobre a experiência que tive alugando uma bolsa e só agora consegui sentar pra contar tudinho procês.

Há umas três semanas, eu recebi um email do pessoal da Bobags, um site que oferece aluguel de bolsas aqui no Brasil. Eu nunca tinha ouvido falar deles por aqui, mas logo logo descobri que era uma empreitada nova mesmo e me senti um pouco menos por fora.

O serviço de aluguel de bolsas caras, dessas que a gente não tem coragem de comprar porque custam mais do que o aluguel, é super comum lá fora. Lembram do Sex & the City 2? Que a Louise, assistente da Carrie, aparecia com uma Louis Vuitton nova toda semana? Pois bem, a moça alugava todas.

Aqui a moda ainda não pegou, mas parece estar começando. Por isso mesmo que fiquei curiosa quando recebi o email com um voucher pra alugar qualquer bolsa do site por uma semana e fazer o teste. Aceitei e eis o meu relato.

Entrei lá no Bobags pra procurar a bolsinha que me acompanharia por uma semana. Como eles tão começando, ainda não tem muita variedade, mas tem umas opções bacanas, especialmente de marcas mais consagradas como Louis Vuitton, Chanel, Prada. As marcas mais novas ou diferentonas estão lá no menu mas não apresentam nenhuma opção de bolsa pra alugar.

Os preços variam de R$40,00 para passar um fim de semana com uma clutch da Kate Spade, por exemplo, até R$560,00 para passar um mês com uma Chanelzinha. Confesso que achei alguns preços bem salgados. Como vocês bem sabem, aprendi a dar valor ao meu dinheirinho e com R$560,00 a gente compra uma bela bolsa que fica conosco a vida toda e não só durante um mês.

Em outros casos, achei o aluguel uma boa alternativa. Tipo: aquela festa chique que você tem que estar montada. Aí você consegue cavar um vestido de dentro do armário, mas queria uma bolsa poderosa pra combinar mas não quer gastar muito numa nova que vai ficar encalhada no armário até o próximo grande evento. Pois é, aí você encontra opções bacanas por volta de R$70,00 pra alugar pelo fim de semana. Aí acho justo.

Mas, como eu não sou boba nem nada e o voucher era de graça, fui logo lá nas Chanel. Poucas opções, mas todas lindas. Senti falta, na verdade, de um modelo maior, pro dia a dia, mas acabei optando por uma pequenininha cor de vinho com carinha de vintage.

A idéia era usar ela bastante durante essa fulgás semana, mas tive dois problemas:

– primeiro: ela era pequenininha demais, o que a tornava pouco prática pra um dia cheio de trabalho
– segundo: não me senti segura de ficar andando com uma Chanel carérrima que não é nem minha de ônibus pela cidade

Resultado: acabei usando a bichinha só uma vez.

O look era básico. Desses mesmo pra fazer a bolsa ser o foco. Uma tricôzinho de manga curta da cor da bolsa e o resto muito neutro. Ah, e como a bolsa era de rica, a calça de rica se sentiu super à vontade no look.

Finalizei com um batom no mesmo tom. Simples, como pregava Madame Chanel.

Por fim, o processo de devolução da bolsa foi bem simples. Outra preconceito que eu tinha em relação a todo esse processo de aluguel. A Bobags tem uma opção de retorno em que os Correios coletam a bolsa na sua casa ao final do período de aluguel, mas custa R$15,00 a mais, se não me engano.

No fim das contas, achei legal ter tido a experiência. Mas só voltaria a alugar em uma ocasião especial.

E vocês? Acham que a moda pega?

Créditos:

Calça: American Apparel
Tricô: Topshop Man
Cinto: Marc by Marc Jacobs
Sapato: Maria Bonita Extra
Batom: Diva da MAC
Óculos: ZeroUV
Bolsa: Bobags