Post patrocinado: Transformação by Antix
19 de junho de 2014 POR Jojo COMENTA AQUI!
Eu tava com a maior saudade de fazer um post de transformação de looks. E mais ainda, tava com uma saudade enoooorme de usar aquele nosso velho truque de transformar vestido em saia.
Pois hoje resolveremos esses dois probleminhas de uma só vez!
Apesar dessa nossa parceria com a Antix não ser de hoje e eu adorar esse desafio deles de transformar looks, preciso confessar que o episódio de hoje teve natureza particular. O que se passa é que, desde que esse vestido florido entrou no meu armário, que ele não pára quieto. Já usei de noite, já usei de dia, já usei com casado, sem casaco, com meia, sem meia. Enfim, cês entenderam, né?
A questão é que eu realmente tava precisando botar a cabeça pra pensar em jeitos de reinventar o bichinho, porque de tão amado, ele já tava virando figurinha carimbada. Desafio lançado, desafio aceito.
Primeiro look: vou aproveitar pra mostrar ele todinho pra vocês, ó: floridinho, acinturadinho, com alcinhas finas e barra de renda preta com detalhes em couro. Acho que eu amei ele logo de cara porque ele tem essa coisa meio hippie, meio rock, meio cortina da minha avó. E, como, apesar do calorzinho que tem feito essa última semana em São Paulo, a noite cai e o vento fresco incomoda um tiquinho, joguei um tricô leve, quase transparente, por cima.

Pra finalizar e o clima ficar ainda mais boho, incluí chapéu pesadinho com cara de inverno e o meu mais novo colar preferido.

Olha a barra do vestido que eu mencionei aqui em cima como é fofa mesmo!

Look 1: check!

Agora vamos ao meu desafio preferido: uma blusinha por cima, cinto pra fazer a transição perfeita entre blusa e saia e, enfim, temos um look duas peças.

Como a saia já era estampada da cortina da vovó, a blusinha foi bem basicona mesmo e num tom escuro pra não ficar transparente e deixar a estampa aparecer embaixo. E, como o vestido é de alcinha, pude me dar ao luxo de usar uma camisa regata por cima sem me preocupar muito com pedaços do vestido aparecendo embaixo.

A dúvida do look, na verdade, foi o que colocar por cima de tudo. Como falei, o clima aqui em São Paulo foi bem tranquilo nessa última semana, mas não dá pra ignorar que estamos quase no inverno, então, era prudente escolher uma outra camada por cima. Mas o que?

Primeiro, testei o quimono de oncinha com fundo verde musgo. Na teoria, ele até funcionaria porque a estampa é bem diferente da saia e proporcionaria um contraste interessante. Mas, quando botei, achei que não favoreceu. Sei lá, acho que o quimono largão fez o look perder um pouco de forma. Aí resolvi, no meio das fotos, substituí-lo. E é por isso que, nas monategem aqui embaixo, você vai ver duas fotos com o quimono ainda nas minhas mãos e uma com o substituto: o casaco de couro. Bem mais curto que o quimono, ele ainda deu um ar mais rock pra história toda.

Pra fechar: a clutch mais boho do pedaço, pretinha e com franjas bem compridas.

Ah, cês gostaram? Eu consegui matar a saudade! E ainda encontrei um jeito novinho de usar o meu vestido que anda sozinho. Já vou botar o look pra uso no feriadón!

Créditos:

Look 1:
Vestido: Antix
Tricô: Antix
Chapéu: brechó na Augusta
Bota: Urban Outfitters

Look 2:
Vestido: Antix
Blusa: Topshop
Cinto: B.Luxo
Jaqueta: Mango
Bota: Urban Outfitters
Clutch: Lee Loo
Quimono: Amores Trash Couture – Buenos Aires