A xepa das liquis de inverno
31 de julho de 2014 POR Jojo COMENTA AQUI!
Xepa.
Segundo o dicionário informal da internet, xepa significa sobra. Mais especificamente, as frutas e legumes que não foram vendidos na feira e os feirantes deixam na rua.
No post de hoje, a palavra em questão ganha um significado um tiquinho diferente. Ao invés de frutas e legumes, vamos falar de casacos que foram deixados para trás. Sim! Estamos falando da xepa das liquis de inverno!
Na verdade, a ideia de falar da xepa das liquis de inverno veio da simples necessidade de me aquecer. No inverno do ano passado eu esqueci o meu casaco mais quentinho (e prático, e básico) no ônibus e nunca mais o encontrei. Cabou que eu consegui sobreviver ao final desse inverno sem o bendito perdido do busão… até agora.
Tava frio pra caramba em São Paulo essa semana. E, congelando, lá fui eu em busca de um casaco maneiro pra me aquecer.
E, assim como com a bota do post passado, não podia ter hora melhor pra procurar um casaquinho. Ok, eu podia ter chegado um pouquinho antes e ter encontrado bem mais variedade de casacos em liqui. Mas eu cheguei na xepa. No restinho que tinha soprado do que o pessoal mais antenado nas liquis não tinha gostado. Por outro lado, isso também quer dizer, muitas vezes, preço mais camaradas por conta das remarcações.
Eu fui em três lojas: Forever 21, Zara e Riachuelo e confesso que fiquei decepcionada com a xepa da Forevis. Na verdade, tinha uma arara de xepa até bem grandinha, mas com poucas opções de casacos. Nada demais por lá.
A Zara tinha umas coisas legais. E sempre que a gente fala disso, surgem discussões sobre os preços da Zara em liquis. Eu concordo que ela é, via de regra, mais cara do que deveria ser, especialmente se compararmos com os preços lá de fora. Mas, a verdade é que, infelizmente, a gente que é trabalhadora normal desse Brasil não consegue ficar viajando e comprando coisas fora ao seu bel-prazer. Entonces, pra quem compra Zara por aqui e curte, acho que vale aproveitar as liquis sim. Basta não se encantar simplesmente pelo preço laranja na etiqueta e ficar sempre de olho pra custo-benefício. Garimpando direitinho dá pra achar coisas com qualidade bacana e design mais atemporal e com preço razoável. Tipo esse casaco aqui, uma espécie de sobretudo com carinha de casaco militar bicolor verde+marinho:
Achei ele bem interessante e, com o look certo dá pra ficar bem chique. Além disso, o material e acabamento eram bem bons, o que me fez pensar que o valor de R$179,00 tava super justo e valia mesmo à pena.
Por fim, veio a Riachuelo (que só consegui ir hoje na hora do almoço). E que bom que eu entrei lá. Apesar das poucas araras ainda em liquidação, as peças eram ótimas e com preços super bons. Além disso, tinha casacos pra todos os tipos de frio. Desde sobretudos super pesados e quentinhos, até casacos com uma pegada mais esportiva e tecidinho meio moleton.
Encontrei coisas tão legais por lá que o meu top 3 xepa é inteirinho Riachuelo. Ó eles aqui:

Pronto. Agora que me preparei com bota e casaco pro frio só falta mesmo fazer um calorão (bem lei de Murphy).