E a obsessão continua…
30 de setembro de 2014 POR Jojo COMENTA AQUI!
Eu já falei que sou disco arranhado, né?Desde o look da semana passada que eu tô matutando novos jeitos de usar o vestido artsy. Primeiro porque, cada vez que olho pra ele, me apaixono mais e tenho mais vontade de usar. Segundo porque cada vez que invento um jeito novo de usá-lo, fico me auto-desafiando a achar um outro jeito ainda mais legal. Quem vê “How I met your mother” vai entender o clima:

(ok, tô numa onda de referências de filmes e séries essa semana).

Tudo isso pra dizer que: “Challenge accepted!” (ou, traduzindo: “Desafio aceito!”). Hoje, cá estou eu com mais DOIS looks com o meu vestido obsessão do momento. Tem pra todos os gostos, tem pra todas as ousadias, tem pra várias ocasiões.

Pra começar, eu tava encasquetada de arrumar um jeito de usar o vestido como vestido mesmo, só que de um jeito diferente. Eu já tinha usado ele com meia calça na época que tava friozinho (quem lembra?), mas confesso não ter ficado tããão feliz com aquele look (achei que o contraste do vestido com a meia ficou estranho).  Então, dessa vez queria montar um look mais harmônico, mais leve, mas, ao mesmo tempo, inusitado, que fugisse do óbvio vestido/sapatinho + bolsa neutros.

Como o tempo tá meio abafado (apesar de permanentemente cinza), jogar um casaco por cima não era um alternativa. Então, a solução foi sair da caixinha com os acessórios. Mas, veja. Repare. Olhe bem o mundo de possibilidades que essa frase traz. Imagine quantos caminhos podemos seguir só com essa frase: vamos viajar nos acessórios? Então, o primeiro look de hoje nasce dessa frase e se materializa com os acessórios que tavam lá no meu armário. Os primeiros que eu ví e achei lindos e juntei. Então vamos a eles.

Como dava pra fazer de um tudo com acessórios, eu resolvi usar um critério: escolhi por cores. Óbvio? Talvez. Mas quando olho pra esse dress, só consigo pensar em cores. Então comecei pelos sapatos. E vê se você não concorda que eles foram feitos um para o outro:

Juro que, quando pensei nessa composição do vestido com esse tênis me senti tão esperta! Eu tenho esse tênis há uns 3 anos. Comprei por 12 dólares num outlet lá em Nova Orleans e nunca tinha conseguido dar bom uso pra ele. E aí começou essa onda de usar tênis com looks menos esportivos e eu pensei: hummm, talvez seja uma boa chance de usar os tênis que eu já tenho de um jeito diferente. Pronto, tá aí.

Errata: Vamos à história do tênis que, realmente, ficou estranha: Eu estava em Nova Orleans com o ex-namo. Ele tinha ido comprar coisas pra ele num outlet daqueles de estrada, logo na entrada da cidade. Enquanto ele olhava coisas pra ele, eu perambulava pela loja e acabei esbarrando com esse bonito por 12 doletas. O ex namo já estava no caixa e eu levei pra ele com cara de gato de botas falando que custava o preço do lanche no Mc Donald’s. Ele comprou e eu fiquei bem feliz. Depois, nunca mais usei. Até este post aqui. Sorry pela confusão, gente. Eu não sou muito de mencionar ex namorado e postei na ingenuidade, mas devia ter falado ganhei. Enfim, é isso!

(Se você não entrou lá e não tá sabendo, olha o link aqui)

BTW, adoro quando a moda aparece com umas tendências que ajudam a gente a dar novos usos pro que a gente já tem.

Bem, mas eu falei PIRAR nos acessórios. Então, o tênis e o vestido ganharam mais uma companhia: maxi brinco coral (ah, e batom no mesmo tom).

Eu sei, ficou exagerado. Mas eu amei num tanto que cês não fazem ideia.

Porééééém, eu sou uma blogueira muito democrática. Então, se você achou que ficou um tiquinho poluído procê, olha o segundo look aqui.

Peguei a mesma ideia do look anterior (aquele da calça vermelha que fez sucesso lá no Face, aliás, cê segue a fanpage? Essa aqui ó) e apliquei de novo. Só que dessa vez a calça era de alfaiataria azul marinho.

Ficou um look mais formal, perfeito pra ir pro trabalho num dia mais calorentinho.

O legal é que essa calça é PERFEITA pra fazer essa brincadeira de botar o vestido pra dentro. Ela é escura, tem um tecido pesadinho na medida certa e é larguinha.

Daí, bastou um cintinho branco e o power escarpin vermelho de coração e pronto. Charmoso, colorido e bem mais discreto.

Bem, acho que agora, finalmente, tirei a obsessão do meu sistema. Pelo menos até semana que vem. 🙂

Créditos:

Look 1
Vestido: Zara
Tênis: Reebok
Brinco: Q-Guai
Óculos: Zara

Look 2
Vestido usado como blusa: Zara
Calça: American Apparel
Cinto: Marc by Marc Jacobs
Sapato: Maria Bonita Extra
Carteira: Zara
Óculos: Optica Nahuel – Buenos Aires