O que você tem a agradecer?
31 de dezembro de 2014 POR Jojo COMENTA AQUI!
Chegou, gente! O último dia de 2014!Não posso reclamar desse ano. Coisas lindas e importantes aconteceram nele. Coisas difíceis também. Mas, faz parte. A gente passa por cima, aprende, cresce. E, quando as coisas boas e lindas aparecem, a gente se sente ainda mais agradecido e feliz.

E acho que, no fim das contas, ano bom é aquele que termina com a gente tendo muito o que agradecer. Então, resolvi fazer uma listinha das coisas que 2014 me trouxe e pelas quais eu sou muito agradecida.

Pelo amor.
Ele não chegou em 2014. Chegou antes. Mas ficou e cresceu. É esse amor que a gente vai festejar em 2015, mas a verdade é que ele me enche de alegria todos os dias.

Pelas viagens.
Não tem dinheiro melhor investido. Não tem tempo melhor gasto. O ano que começou na Disney e passou por Barcelona, Buenos Aires, Chapada dos Veadeiros, Paraty, Salvador, BH, Campos (ixi, esqueci algum lugar?), vai terminar vendo os fogos de Copacabana. Só dá pra agradecer mesmo.

Pelo trabalho.
Simplesmente porque ele não faltou. Pelo contrário. Teve trabalho em abundância.

Pela família.
A minha vai bem (o que já seria motivo suficiente para agradecer). Mas esse ano eu ainda ganhei uma nova. Casar tem dessas coisas, a gente escolhe o marido e ganha a família. Eu dei sorte porque a minha é sensacional.

Pelos amigos.
Eu fiz poucos novos amigos em 2014. Mas não sou dessas pessoas que tem milhões de amigos. Gosto de ter os meus, aqueles cativos, poucos e bons. E em 2014 eu estive rodeada por eles. O mais legal é ver que todos eles estão felizes, saudáveis e evoluindo na vida.

Pelo camarão flambado no whisky com manteiga de coentro.
Minha receita preferida de 2014. Que venham novas em 2015.

Pela Copa do Mundo.
A gente perdeu (e perdeu feio), mas a Copa foi divertida demais. Amei cada jogo, amei ver o rebuliço todo por aqui, amei ter uma desculpa a mais pra encontrar os amigos e fazer festa. Amei ver o Brasil recebendo bem e amei ver os gringos saindo daqui encantados. E que venham as Olimpíadas!

Pelo yoga.
Em 2014, depois de muitos anos sedentária, eu voltei a me exercitar. E isso fez uma diferença enorme na minha vida. Mas o yoga foi quem me fez voltar a gostar de me mexer. Um exercício de corpo e alma que eu quero levar comigo para todos os anos que virão pela frente.

Pelo meu cabelo mais curto.
Adorei brincar com cabelo em 2014. Comecei o ano com ele enorme. Cortei no ombro, depois cortei na altura do queixo e agora ele já tá de volta ao ombro. Cortei a franja curtinha, mas ela já tá enorme de novo (pro casório!). E cortar o cabelo sempre dá uma sensação de renovação.

Pela conta no azul.
3 anos depois do desafio completo, eu consegui viajar, comprar as minhas coisinhas, guardar um dinheirinho e estou conseguindo pagar um casamento sem entrar no vermelho. E isso me dá um baita orgulho.

Bem, dito isso, hoje é noite de Reveillon! E eu já tô no clima do branco. Aliás, acho que se a gente tivesse que escolher uma cor pra representar o ano, eu teria que escolher o branco. Ontem, me preparando pra praia já catei uma blusinha branca em clima de Rio e me permiti uma ousadia nunca dantes vista neste blog: me atrevi a colocar a barrida de fora (não me julguem, o Rio permite essas extravagâncias).

Juntei a blusinha branca com uma das minhas peças preferidas de 2014: o shortinho de abacaxis floridos da coleção da Farm + Adidas. Tá um calor danado e botar muita roupa no calor é coisa de gente doida. Entonces, tudo curtinho mesmo, pra deixar o sol encostar na pele onde ele bem entender.

Pra finalizar, sorrisão de felicidade e energia positiva pra encarar 2015. E que ele seja melhor do que todos os que vieram antes.

Feliz ano novo procês! Ah! Se ainda der tempo (e dá!), faz a sua listinha de agradecimentos! Faz um bem danado!

Créditos:

Blusa: Forever 21
Short: Farm + Adidas
Chinelo: Havaianas
Brinco: Lokal
Bolsa: Adô