Sexta Casamenteira: convites
31 de Janeiro de 2015 POR Jojo COMENTA AQUI!
Eu O-D-E-I-O ficar doente no final de semana. A vida bombando lá fora e eu aqui entupida.A verdade é que fiquei doente ontem e ainda não melhorei, portanto, ainda estou aqui na maratona de mais de 20 horas na cama, com a mesma roupa e uma preguiça alucinada que o Resfenol me proporciona.

Por outro lado, ficar na cama o dia inteiro ontem, acabou sendo bem produtivo. Era dia de Sexta Casamenteira e, depois do almoço, tratei de acomodar o computador no colo e caprichar no post. Entrei no Pinterest, comecei a pesquisa de referências e fui me empolgando, me empolgando, me empolgando… Até que eu dormi e acabei não postando nada.

Bem, hoje, cá estou eu, na cama e de pijama, para reparar essa gafe e postar a minha Sexta Casamenteira power da empolgação gripal.

O tema de hoje foi livremente inspirado pelo momento que eu estou vivendo no meu casório. Logo no início da janeiro, os meus convites ficaram prontos (com um pouquinho de atraso por conta das festas, gráfica que fecha, designer que fica doente, essas coisas que toda noiva passa, arrancando os cabelos, mas passa). Na segunda semana de janeiro conseguimos entregar os primeiros convites e, aos poucos fomos mandando os outros pelo correio. Até que, agora, finalmente, os últimos convites estão sendo entregues. Tudo isso pra dizer que todo o esforço, desespero, carinho e atenção que colocamos nos convites estão sendo absolutamente recompensados pelo carinho que temos recebido de volta de cada pessoa que recebe seu convite em casa.

“Tá a cara de vocês!”
“Super lindo, super diferente!”
“Imagino como vai ser a festa só de ver o convite”

Essas são as respostas que a gente tem ouvido diariamente. Tem coisa mais legal?

É dessas respostas que surge a Sexta Casamenteira deste sábado. Todinha dedicada a encontrar o convite que diz exatamente o que você quer dizer.

A verdade é que o convite é o primeiro contato que as pessoas vão ter com o seu casamento. Ele já entrega o clima que o casamento vai ter. Coisas tipo, cores, tipologia, dobraduras e invencionices de uma forma geral vão dizer pro seu convidado o que ele deve esperar da sua festa.

Antigamente, todos os convites de casamento eram meio parecidos: desde o design, aquela coisa branca, formal, com a caligrafia no envelope e o textinho padrão lá dentro: “Pais e mães de fulano e fulana convidam para o casamento de seus filhos fulano e fulana.”

Hoje, a liberdade é total. Juro, basta jogar no pinterest “Convites de casamento” e esperar aparecer tudo quanto é tipo de coisa. O que é legal é que essa liberdade dá margem pra você criar um convite que tenha exatamente a cara de vocês e diga para os seus convidados exatamente o que você quer dizer.

Eu separei algumas categorias aqui só pra ilustrar o meu ponto. Vamos a elas?

Clássicos com um twist:
Se vocês são um casal mais clássico, mas não querem uma coisa tão tradicional, dá pra dar um toque de jovialidade pro convite usando fontes diferentes e brincando com alguma cor. O legal de usar cor é que você já pdoe coordenar o convite com as cores que vão ser usadas no casamento (depois não esqueça de levar um convite pro dia da cerimônia pra fazer umas fotos legais com ele!).

Ilustração:
Indo um pouquinho mais adiante na ousadia, inserir uma ilustração pra deixar o convite mais moderno e divertido. Dá pra ser de todo jeito: mais minimalista, mais abstrato, mais romântigo, mais vintage. Acaba sendo um elemento a mais pra ajudar as pessoas a entenderem a pegada do seu evento.

Flores:
Elas poderiam estar dentro da classificação de “ilustrações”, mas eu resolvi separar porque achei tantos exemplos lindos de convites florais, que eles mereciam uma classificação só deles. Perfeito pra casamentos na primavera, são românticos, lindos, ricos. Fiquei super apaixonada. Você também pode brincar com as flores que vão ser usadas no seu dia (imagina as fotos do convite junto com o buquê, ambos com as mesmas flores? Coisa linda de viver!).

Fotos do casal:
Essa é pros desinibidos. Tem coisa que diga mais sobre vocês do que vocês mesmos? Tem um monte de ideia de convite fotográfico bacana (no pinterest você até encontra sugestões de poses para fotos de convites). Atenção que a foto também diz muito sobre vocês! A proposta do photobooth dá a impressão de um casamento super informal, a foto vintage, já dá uma ideia de que o casório também deve ir pro mesmo caminho, e por aí vai.

Ilustra do casal:

O legal da ilustração é que dá pra mostrar lados de vocês ou coisas que vocês gostam de um jeito que nem uma foto não conseguiria. Por exemplo, olha esse aqui embaixo do casal ilustrado como raposa e raposo? Lindo, fofo e, provavelmente, deve ter tudo a ver com eles.

 

 Destination wedding:
Se o seu casamento vai ser em outro lugar que não a cidade que você mora, pode saber que o povo da indústria de casamentos chama isso de “destination wedding” (o meu vai ser em Búzios, então, aprendi isso rapidinho!). E, se o lugar é legal e você quer convencer todos os seus convidados a pegarem o avião/carro/balsa/qualquer meio de transporte necessário pra ir até lá, uma boa ideia é já usar o convite como o primeiro argumento de convencimento. Dê destaque para o lugar de um jeito que o convidado fique ansioso pra chegar lá!

 

Bem, escolhido o estilo do seu convite, o conteúdo pode ser o que você quiser, mas, vale lembrar que alguns elementos precisam estar presentes:

Nome dos noivos
Data e horário
Local

Esses são os ítens óbvios. Mas vale ressaltar outros igualmente importantes:

Site do casal: é lá que os convidados vão encontrar todas as infos detalhadas do casamento.

Mapa para chegar ao local: se for um lugar de difícil acesso, considere incluir um mapa no próprio convite. Eu sei, eu sei, muita gente vê o mapa no celular. Mas e o tiozinho que não se adaptou ao mundo digital ainda? Ele vai querer levar o convite na mão e ir seguindo o mapa no caminho.

Uma mensagem de vocês: o que vocês querem dizer pros convidados? Qual o tom que vocês querem passar? As palavras escritas dizem tanto quanto o design.

RSVP: incentive as pessoas a confirmarem presença. Isso facilita muito a sua vida. Basta colocar RSVP e o endereço do site ou telefone onde eles devem confirmar seu nome e a quantidade de acompanhantes.

Pra finalizar, resolvi dar uma palhinha do meu convite. As cores já são do casamento e o briefing era clima de praia e fofura.

Quem tiver referências de convites legais, deixa aqui nos comentários também! As possibilidades são infinitas!