Um tantinho de chiquê pra começar a semana
31 de Março de 2015 POR Jojo COMENTA AQUI!
Queria começar a semana falando que ela vai ser porreta!Ai, nada como um pouco de otimismo ainda na segunda-feira! Mas é que, nesse caso, o otimismo nada mais é do que a antecipação de coisas boas que vem por aí. Pra começar, quinta-feira é o aniversário desta blogueira que vos escreve. 31 primaveras, com corpinho de 30,5.  Além disso, tem novidade por aqui! Sim, tô tipo propaganda de supermercado: o aniversário é meu, mas quem ganha o presente é você. Mas, calma, que tem uma semana inteira pra gente falar de novidades.

A verdade é que passei esse final de semana me preparando pras novidades e repassando as minhas fotos aqui do blog e não pude me conter quando achei essas aqui. Quem segue o UASZ lá no Insta (@mourajo) talvez lembre que, no finalzinho do ano passado, eu fui num evento muito do chique. Era o casamento da minha cunhadinha e eu e o namo fomos padrinhos, então, eu tratei de investir na produção. Acontece que, na correria do fim de semana do casório, eu acabei não postando o look  inteirinho aqui. Então, já que estava revirando o baú, resolvi reparar o erro. Afinal, vocês vão ver, o vestido merece. Vamos a ele então.

Eu queria um vestido… lindo. Lindo e elegante. Clássico, mas com um toque moderno. E sem renda. Ok, parece o briefing do meu vestido de noiva. Vai ver que é um padrão mesmo. Ah, e, claro, não podia ser preto, nem branco.

A verdade é que eu tive a sorte de dar de cara com este aqui, mais ou menos um mês antes do casório, quando fui até Belo Horizonte, dar uma olhada em vestidos de noiva. Entrei na Mabel Magalhães porque já tinha visto os vestidos de noite dela e ficado simplesmente encantada. E foi lá que encontrei esse tesouro aqui. Lindo, coral, tomara que caia e com uma saia estilo sereia de tirar o fôlego.

 

Eu não consegui tirar muitas fotos lindas lá no dia (a emoção era muita, gente), então, na semana seguinte, recriei o look e fotografei em casa mesmo. Mas tinha um tanto de post rolando e esse foi ficando pra depois. Até hoje.

Bem, o vestido era lindo e não precisava de muito esforço da minha parte pra ficar melhor. Investi numa make bem leve e um cabelinho preso pra trás com direito a mini topete na frente, só pra agregar riqueza. O mais difícil mesmo foi combinar a cor dos acessórios.

Eu adoro coral com turquesa, acho uma combinação incrível, mas eu não tinha nenhuma biju turquesa. Fui tentando ver o que ficava melhor entre todas as coisas que eu já tinha e cheguei nesses brincos dourados com pedras amarelas. Verdade verdadeira, eu queria um colar bem poderoso pra preencher o colo (já que o tomara que caia permite), mas não achei nenhum que ornasse e acabei ficando bem feliz com esses brincos mais compridos. E já que os brincos tinham dourado, inclui essa pulseira super simples. A ideia era não inventar muito mesmo pra fazer o vestido brilhar.

Mas eis que faltava a bolsa. E, fuçando nas minhas gavetas encontrei o turquesa que o look pedia. Uma bolsinha charmosa e super antiga, como dizem em inglês: “oldie but goodie”, ou, numa tradução livre, “velhinha, mas charmosinha”.

E, pronto, look de casamento digno de cunhados tão queridos.

E olha que alegria, começando a semana do aniver em look de gala! Boa semana, gente!

Créditos:

Vestido: cedido pela Mabel Magalhães especialmente para o evento 🙂
Bolsa: Accessorize
Pulseira: Q-Guai