Dicas para fazer mala de viagem (de quem fez muitas recentemente)
5 de Maio de 2015 POR Jojo COMENTA AQUI!
Desde que fiz a mudança pra cá, muita gente me pediu pra fazer um post sobre malas de viagem. Entonces, como a voz do povo é a voz de Deus, cá estamos.Quando decidimos embarcar nessa jornada gringa californiana, eu e o homi conversamos muito sobre o que agente iria levar com a gente. A gente tinha uma casa. Inteira. Montadinha. Mas resolvemos que não valia a pena trazer aquele tanto de coisa com a gente, que o que a gente precisava mesmo era de coragem e um do outro. E resolvemos que seria divertido começar de novo, do zero. Então deixamos boa parte dos nossos móveis no apê (que ficou alugado) e vendemos boa parte das lindezinhas amadas de decoração no Enjoei (mais uma leva da minha lojinha home entra na quinta-feira!).

Ainda assim, tinha o armário. E me livrar dele já era demais. Mas era muita coisa e a gente tinha combinado que cada um teria direito a três malas. E só. Então, lá vai a moça aqui tentar fazer caber.

Foi nesse processo (doloroso) que aprendi os truques que vou dividir com vocês aqui hoje. Eles não servem só pra quem tá se mudando de mala e cuia, entonces, se você tem viagem marcada pras próximas férias, cata papel e caneta e vamo anotar!

1. Verifique quanto você realmente pode levar
Nacional, internacional, até mesmo a companhia aérea ou o preço da sua passagem podem significar limites na quantidade e no peso das suas bagagens (inclusive as de mão). Portanto, antes de pensar no que vai dentro da mala, verifique quantas você pode levar e qual o peso limite.

Por exemplo, eu tive que comprar uma mala nova pra fazer a mudança. Na hora de escolher, preferi não pegar a maiorzona de todas porque, se eu deixasse ela bem cheia, ela ultrapassaria o limite de 32 quilos para a viagem. Escolhi a segunda maior que, cheia, ficava com 30 quilos. Assim, eu sabia que não ultrapassaria o limite e não teria que pagar por excesso de peso.

Dito isso, vamos aos truques pra fazer tudo caber e nada quebrar.

2. Não dobre as roupas
Sério, foi isso que resolveu a minha vida. Tem muita gente que embala as roupas a vácuo pra economizar espaço. Mas eu confesso não ser tão organizada assim, então, tive que dar o meu jeitinho.

Ao invés de dobrar, coloque cada peça esticada na mala. Comece pelas mais pesadas e que não amassam e depois vá pras mais leves e com tecidos mais amassáveis. Mas tudo esticadinho, uma em cima da outra e vá dobrando os pedaços que ficarem pra fora. Vai por mim, é fácil e economiza muuuuuito espaço, o segredo é dobrar o mínimo possível.

3. Também não dobre as calcinhas
Sabe quando você tá fazendo mala e dobra as calcinhas até ficarem bem pequeninhas e depois você bota tudo num saco e arruma num canto da mala? Então, eu sugiro mudar a tática. Cada calcinha dobradinha acaba ocupando um espaço maior do que se ela estivesse estiradinha. Então, pode manter o saco, mas arrume as calcinhas dentro dele todas estiradinhas.

4. Use bolsas mais durinhas pra guardar as bijus
Eu tenho um monte de bijus que eu amo de paixão e eu morro de preocupação quando guardo as bichinhas na mala amassadas. Então, pra não correr o risco de nada quebrar no amassamento de uma mala cheia, eu guardo as mais frágeis dentro das minhas clutches mais durinhas. E todo mundo fica seguro e protegido.

 5. Use sapatos para proteger óculos
Eu não tenho caixinhas duras pra guardar todos os óculos e, com as capas molinhas, eu também fico preocupada deles ficarem amassados na mala. Por isso (e pra economizar espaço), eu coloquei os óculos (dentro de suas caixinhas molinhas), dentro de meias e, depois, dentro de sapatos mais fechados. Assim, eles ficavam duas vezes mais protegidos (e chegaram aqui intactos :-).

6. Faça um belo filtro de tudo o que tem antes de ir
Isso meio que vale pra tudo. Eu vendi muita coisa de casa, mas também vendi muita roupa. Mas onde o filtro foi mais drástico foi nos produtos de beleza. Hidratantes, shampoo seco e… maquiagem. Eu tive que ser honesta comigo mesma e aceitar que muito do que tava ali não tava lá sendo muito usado.

Dividi tudo o que não usava em quatro sacolinhas e marquei um jantar com as melhores amigas. Cada uma ganhou uma sacola e ficou feliz da vida. E eu montei a minha necessaire de viagem com as coisas que eu absolutamente amava.

7. Enrole lenços e turbantes para caberem nos espaços que sobrarem
Sempre tem um cantinho que ficou sobrando. Entre um sapato e outro, ou do lado da necessaire. Sempre tem. Enrole lenços (e até camisetinhas finas) e use pra preencher cada pedacinho precioso da sua mala.

Eu sei, pode parecer um bando de dica boba, mas, pra mim, fez muita diferença. Então, na sua próxima viagem, tenta aí! E se tiver mais dicas, comenta aqui embaixo! 😉

Tags: