Domingo em Venice Beach
19 de Maio de 2015 POR Jojo COMENTA AQUI!

Quem me acompanha lá no Snap (jojouasz) ou no Insta (@mourajo) já sabe que fomos passar o final de semana em Los Angeles!!!! No Snap teve até o processo de arrumação da minha mala (pequena, porém super versátil, do jeitinho que a gente gosta).A verdade é que, desde que a gente se mudou, eu ando doida pra visitar Los Angeles. Especialmente agora que estamos chegando mais perto do verão e a saudade da praia e do calorzinho vai bater forte.

Passamos o sábado com um casal de amigos brasileiros querido demais e, no domingo, fomos até Venice visitar mais amigos queridos que estão morando por lá.

Eu sempre tive vontade de ir lá pra aqueles lados de Venice/ Santa Monica, mas na primeira e única vez que tinha passado por L.A, a viagem tinha sido tão curtinha que não deu tempo.

Mas o mais engraçado de chegar em Venice é essa sensação de familiaridade. Talvez seja a quantidade de vezes que essa praia já apareceu em filmes e clipes da minha adolescência, mas foi engraçado chegar num lugar que eu nunca tinha ido e sentir que já conhecia.

 

Venice é sol, praia, palmeiras, skates, patins, turistas e lojas vendendo de um tudo. Tudo meio caótico, meio exótico, meio feio, meio lindo, mas muito divertido. É uma delícia passear num dia de sol observando as pessoas (muitas delas personagens curiosíssimos), os sons, as cores.

Aí, depois que você já fez o seu estudo antropológico lá na Ocean Front Walk, pode tratar de andar duas quadras pra dentro do bairro e ver tudo mudar. A folia turística dá lugar a casas lindas em frente aos canais que deram nome à região (uma alusão aos canais de Veneza).

Pra terminar o dia, vá até a Abbott Kinney, rua charmosa que abriga lojinhas e restaurantes igualmente fofos e moderninhos. Perfeito pra almoçar (eu recomendo fortemente o GJelina) e passear vendo as vitrines no fim do dia.

Ah! E, enquanto caminharpor aí, preste atenção em todos os grafites lindos que aparecerão pelo caminho. Venice é praticamente uma galeria de arte a céu aberto. Muros e fachadas de lojas lindos, criativos e coloridos ajudam a compor o clima praiano da região.

E foi numa dessas fachadas lindas e coloridas que eu fotografei o look de domingo.

Confesso, queria que estivesse fazendo um calorzão. Desses que fazem a gente querer tirar a roupa e ficar andando por aí de biquini. Mas não foi o caso. Domingo foi um dia bonito, mas com um ventinho frio constante que me fez sacar o meu pulôver de emergência da mala. Sorte (ou sabedoria) minha, ele era cropped e ornou muito bem com o ambiente.

Outra coisa que ornou, como vocês podem ver, foi a cor. Um look inteirinho azul, com calça de cintura alta azul escuro e tricô azul clarinho. Combinou com o fundo da foto, combinou com o céu, o mar, o humor. Enfim.

 

Como o clima tava fresquinho mesmo (especialmente chegando final do dia, que foi a coisa foi saindo do fresco e indo pro frio mesmo), levei também um casaquinho jeans pra jogar por cima do pulôver e ficar mais protegida.

Finalizei o look com os meus óculos escuros preferidos e um belo batom vermelho, crucial pra dar aquela quebrada nesse tanto de azul.

Agora já tô de volta aqui em SanFran, mas doida pra passar um outro fim de semana em L.A num futuro próximo pra continuar explorando a cidade.

Ah! Desculpem a overdose de fotos hoje, mas eu me empolguei mesmo. O responsável pelos cliques foi o maridão e achei que ele brilhou. Palmas pro meu fotógrafo!

Créditos

Calça: American Apparel
Pulôver cropped: American Apparel
Jaqueta jeans: Topshop
Sapato: Eva vs Maria
Óculos: Zara
Batom: Ruby Woo da MAC