Uma vitória do amor e a nova campanha da Lush #GayisOK
26 de junho de 2015 POR Jojo COMENTA AQUI!
Que dia lindo para o amor!Hoje a Suprema Corte dos Estados Unidos tornou legal o casamento entre pessoas do mesmo sexo em absolutamente todos os estados do país. Até hoje, ficava a critério de cada estado decidir se reconhecia ou não o casamento gay.

Isso é uma vitória gigantesca não só para a comunidade LGBT, mas para os direito humanos de modo geral.

Coincidência ou não, esse final de semana acontece a parada gay em diversos países. Aqui mesmo em São Francisco, teremos SF Gay Pride no domingo, uma das maiores e mais importantes paradas LGBT do mundo. E imagina a festa que não vai ser isso depois da vitória de hoje!

 

(como não amar Piper & Vause?)

A verdade é que os Estados Unidos passa a integrar uma lista de países (Brasil incluído S2) que vem crescendo ao longo dos últimos anos mas ainda está longe de beneficiar a todos. Ainda hoje 2.8 bilhões de pessoas vivem em países onde ser gay ainda é crime. São 76 países ao redor do mundo em que ser gay é ilegal e pode até resultar em pena de morte.

Pensando nisso, a Lush Cosmetics e a ONG All Out, que luta pelos direitos da comunidade LGBT no mundo todo, lançaram o sabonete #GayisOK. Uma barra linda, dourada e bem da cheirosa que estampa a hastag em alto relevo. O mais legal? Todo o lucro arrecadado com a venda do sabonete será destinada a grupos de apoio à comunidade LGBT no mundo todo. Com o esforço, a marca espera arrecadar mais de 250 mil libras.

Pra ajudar, você pode, lógico, comprar o sabonete (que está à venda na loja online da Lush no Brasil) ou ainda divulgar a hashtag #Gayis OK nas suas redes sociais ou ainda por que não fazer as duas coisas?. Eu já comprei o meu e tô doida pra usar porque o bichinho é muito cheiroso.

A Lush é famosa pelos seus produtos totalmente vegetarianos e por abraçar causas como o não teste de produtos cosméticos em animais. Em 2013 eles já tinham se posicionado em favor da comunidade LGBT com o lançamento da campanha Sign of Love para aumentar a conscientização sobre direitos gays. Tem como não amar essa marca?

Por fim, pra quem não liga muito pra esse papo todo, eu lanço a mesma pergunta que a Lush está fazendo nas redes sociais: E SE O SEU AMOR FOSSE ILEGAL?

Um fim de semana de paz e muito amor procês, gente. E cheios de arco-íris.

Tags: