Eu quero o cabelo igual ao dela
14 de agosto de 2015 POR Jojo COMENTA AQUI!

“Eu quero o cabelo igual ao dela”. Lágrimas nos olhos, ênfase nas palavras, clima de chororô absoluto. E eu pensando: “Fudeeeeeeu! O que será do futuro dessa menina? Queimem as revistas de moda, vetem o Photoshop, socorram os pequenos corações femininos”.

Então já recobrada da síncope interna, afirmo: “Meu bem, não existe cabelo-igual-ao-dela. Afinal, filha, isto é a-pe-nas um desenho animado. Pensa bem: imagina um cabelo deste tamanho arrastando pelo chão na rua? Uma sujeira só. E imagina, pior ainda, ter um cabelo que acende a luz e tem poderes mágicos? Ficaria todo mundo atrás de você. E lavar o cabelo então? Um problema todos os dias. Não dá.”

“Eu quero o meu cabelo LOOOOOOI-RO até o chão”, exclamou. “Tudo bem: o seu cabelo vai crescer muito ainda. Na verdade, eu acho o seu cabelo bem mais bonito que o da Rapunzel. Afinal, você é uma menina de verdade, né? Você quer ver uma foto minha de quando eu era criança e nem tinha o cabelo comprido que nem você?” perguntei.

“Quero”, ela disse. Nisso, passa a babá-salvação e comenta: “Olha, Alice: e você tem franja! Gosto muito mais de cabelo com franja. A Rapunzel nem isso tem”.

Ela vê a minha foto e diz: “Você era bonita”. E dá um belo sorriso. Automaticamente, as lágrimas secam e ela volta a ser feliz.

Mas e eu, que ainda estou convencida de que um dia poderei ter a barriga da modelo da Victoria’s Secret? Que realmente existe o corpo seco-sarado-gato que possibilita vestir aquela roupa e ficar justamente justa como na modelo? Um dia, eu vi aquela modelo na vida real e, olha, ela era bonita, mas sei lá, nem tanto… Quase estranha, na verdade, pois, além de grande e magra, estava ali na minha frente desconstruída pela vida real. Acho que ela é como uma princesa dos desenhos da Disney: uma grande fantasia, um exemplo impossível, do espelho inventado, do que queremos sonhar ser.

Bem, mesmo parecendo ser ciente disso, confesso que de vez em quando deliro com a invenção de um photoshop da beleza em gotinhas sem efeitos colaterais – um tratamento homeopático diário – para mulheres que, como eu, já sonharam em ser princesas de verdade.

Logo saio do campo do delírio, e clamo para que o mundo não seja cruel com nossos espelhos: tratemos os editorias de revistas de moda como um livro de conto de fadas.