Post patrocinado: Entrevista com a Ju Bicudo
18 de novembro de 2015 POR Jojo COMENTA AQUI!

Uma das coisas mais legais de estar passando essa temporada aqui no Brasil é conseguir conhecer pessoalmente as pessoas que, até então, eu só falava por Skype. Por mais que a tecnologia ajude (e muito) a gente a criar relações e mantê-las vivas mesmo à distância, não tem app ainda que substitua um bom papo ao vivo acompanhado de café e pão de queijo, né?

E eu sou dessas que gosta de abraçar as pessoas, sabe? Então, quando confirmei a minha vinda pra cá, tratei logo de mandar um email pra Ju Bicudo. Dois motivos:

1. eu AMO o trabalho dela (eu casei num sapatinho azul da Ju e a gente ainda fez uma semana temática com ele aqui no blog depois, tão lembradas?)

2. a gente não se conhecia pessoalmente!

Bem, mandei o email pra Ju justamente porque queria conhecê-la ao vivo e pensar em novas coisas que a gente podia fazer juntas. Gosto de trabalhar com marcas com as quais me identifico e que realmente tem uma história comigo e a Ju se encaixa nisso perfeitamente.

Resolvemos começar do começo. Eu queria simplesmente sentar com ela pra gente se conhecer e ela me contar sobre o seu trabalho, suas inspirações, seu processo de produção. Então,  foi isso que a gente fez. Nos encontramos na loja da Vila Madalena, tomamos um café e papeamos.

jojo_2

Pois bem. Essa aí em cima é a Ju. Ela chegou meio tímida e com um tiquinho charmoso de vergonha da câmera, mas eu tratei de ir avisando que, a medida que o papo vai rolando, a gente vai esquecendo que a câmera tá ali do lado e tudo acaba ficando mais natural.

Ela tava com essa blusinha bem neutra e uma calça preta. Básica. Muito diferente do que eu imaginava pra alguém que faz sapatos e acessórios tão cheios de cor. Fui logo perguntando como ela definiria seu estilo pessoal e ela me explicou:

“Sou assim mesmo, muito básica. Por isso os acessórios são coloridos. Eles são o lugar onde eu me permito ousar.”

A verdade é que a Ju caiu na moda sem querer e talvez esse seja um dos motivos pelos quais eu gosto tanto dela. Formada em arquitetura, ela diz que nunca foi das mais antenadas em moda, mas sempre gostou de desenhar sapatos em suas horas vagas.

jojo_14

Os desenhos acabaram virando sapatos de verdade, numa mini coleção que foi parar nas mãos de amigas próximas. Não demorou pra Ju perceber que tinha um business nas mãos.

Pergunto de onde vem a inspiração pro seu design tão particular. Ela me conta que, como não “nasceu” na moda, não tem costume de seguir tendências e tem até uma certa dificuldade em montar coleções com um único tema, como faz a maioria das marcas.

Eu aproveito a deixa e conto pra ela que acho que isso é o que eu mais gosto do seu trabalho: sua originalidade e o fato dela conseguir ter uma essência tão própria em meio a um mercado onde a gente vê tanta coisa parecida. Pode fazer o teste: entre em qualquer loja de sapatos e repare nos modelos e cores. Depois entre no site da Ju. Não vai demorar pra você entender a diferença.

jojo_10

jojo_15

Ela então me conta da nova coleção, cujo tema é “Feito a mão”. A Ju trabalha com artesãos locais e cada sapato é feito individualmente à mão e é isso que ela quer destacar. Um processo que gera um produto de acabamento impecável, confortável até dizer chega e que vai durar MUITO. De resto, as peças continuam tendo a cara da marca: romântica sem cair no cliché, colorida, alegre e clássica.

jojo_3

Aí eu pergunto das noivas: como começou essa história de fazer sapatos de noiva?

Ela me conta que percebeu que muita noiva já procurava suas peças com esse propósito (lembra que falei que os sapatos são românticos sem cair no cliché? Pois bem). Percebendo a demanda, ela começou a desenvolver modelos específicos para noivas, sempre com essa pegada de sapatos lindos que podem ser usados no grande dia, mas que tem vida útil muito além do sim.

jojo_31

jojo_32

Segundo ela, uma das suas maiores preocupações com a linha noivas é o conforto: saltos que permitam dançar a noite inteira, couro que não machuca o pé, tirinhas nos tornozelos que ajudem a dar sustentação. E posso falar com propriedade (meus pés são minhas testemunhas e não me deixam mentir): cada detalhe faz muita diferença. Eu passei mais de 12 horas com os meus sapatinhos de noiva nos pés (não tirei em nenhum momento na festa) e não tive nem uma bolhinha pra contar a história.

Mas o que conquista mesmo na linha noiva são os detalhes. Cores escolhidas a dedo, bordados delicados, formas fluidas e essa sola com coração que faz a gente suspirar já pensando nas fotos.

jojo_25

Terminamos o papo comigo ainda mais apaixonada pela Ju e suas criações. Mas, mais ainda, saí de lá com a sensação de que vale a pena investir e divulgar o trabalho de quem a gente sabe que faz com amor, cuidando de cada pedacinho do processo pra que o sapato que você leva pra casa dure a vida toda.

jojo_49

Se você ficou curiosa, pode conhecer o trabalho da Ju aqui no site ou visitar a loja dela na Rua Girassol, 170, na Vila Madalena, em SP.