Não me dê parabéns hoje
8 de Março de 2016 POR Jojo COMENTA AQUI!

Tudo começou com um post de uma amiga no Facebook. Em sua timeline lia-se:

“Não me deseje ‘feliz dia das mulheres’. Essa data é ofensiva.”

Confesso, fiquei meio triste. Uma mulher. Falando isso.

Como não sou dessas de causar na timeline dos outros, lá fui eu pro whatsapp, um ambiente controlado, lançar a pergunta que ficou ecoando na minha cabeça:

“Por que você acha o Dia da Mulher ofensivo?”

A resposta veio minutos depois:

“Porque Dia da Mulher é uma data imbecil. Machista na verdade.”

Infelizmente, logo em seguida, o papo no grupo acabou descambando pra outros assuntos e não pude entender a raiz de tanta mágoa com o dia 08 de Março.

Horas depois, lá estou eu de novo no Facebook quando vejo um outro post, de outra pessoa. Eu já tava na cama, celular na mão, dando aquela última fuxicada. Aqui em São Francisco, passava pouco da meia noite. Aí no Brasil, já era manhã do dia 08. Usando daquele sarcasmo que acaba por denotar um incômodo verdadeiro com alguma coisa, um conhecido anunciou:

“08 de Março. Dia internacional do homem não saber se pode dar a porra do parabéns sem metade ficar ofendida e metade sentir falta.”

Eu já tava pronta pra dormir, mas não aguentei. Levantei da cama. Fui na sala. Peguei o computador. E cá estou.

A verdade é que a frase desse sujeito me iluminou. Ali, em tão poucas palavras, estava a razão de toda a aversão que não só a minha amiga, mas muitas mulheres sentem pelo o dia 08 de Março.

E foi isso que me fez sair correndo e pegar o computador. Coloquei ele no colo e resolvi escrever esse post aqui como uma modesta tentativa de contribuir para que a data de hoje seja lembrada como se deve. Vamos lá.

Pra começar, não me dê parabéns no Dia da Mulher.

Não me dê flores, nem bombons, nem cartões.

Não me deseje um “Feliz Dia da Mulher”.

Hoje não é o nosso aniversário.

Quer celebrar o Dia da Mulher? Comece por saber o que ele significa, de onde ele veio, o que representa.

Quando você descobre que a data de hoje nasceu como uma homenagem à luta das mulheres por melhores condições de trabalho nas fábricas da Europa no início do século passado, acaba ficando mais fácil entender porque não faz sentido lançar um “Feliz dia da Mulher” pra senhora que trabalha do seu lado (e que talvez faça o mesmo trabalho que você e ainda assim ganhe um salário menor).

Aquele papo todo sobre a mulher ser um ser lindo que dá a vida e que isso tudo demanda muita coragem também não é pra o dia de hoje. Hoje não é sobre biologia.

O dia 08 de Março é o dia de lembrar de uma luta que já dura séculos e que ainda tem muita batalha pra ser vencida.

Um dia de reconhecer as vitórias, mas, principalmente de chamar atenção para tudo o que ainda nos derrota. Pro fato de estarmos em 2016 e milhões de mulheres no Brasil e ao redor do mundo ainda serem vítimas de abusos, violência física, condições de trabalho precárias, objetificação, racismo, assédio, falta de acesso a educação, falta de acesso a atendimento médico devido, falta de liberdade de expressão. A lista é longa pra um dia só.

Então, meu amigo, não me dê parabéns. O seu parabéns diminui a nossa luta e faz com que até nós mesmas duvidemos da importância do dia de hoje.