Alimento pro pensamento: feminismo, feminismo e feminismo
22 de Maio de 2016 POR Jojo COMENTA AQUI!

Confesso, essa semana eu fiquei meio devagar. Sabe quando você volta de viagem e ainda não entrou de novo na rotina? Pra piorar, eu ainda tava meio gripada, então foi a desculpa perfeita pra ficar de bobeira no sofá, vendo filminhos com cara de Sessão da Tarde e comendo bobagem.

Porém, com o computador ligado sempre no colo, a semana de bobeira acabou rendendo uma boa dose de pesquisa de inspirações bacanas. Tudo isso pra dizer que o Alimento pro Pensamento de hoje tá recheado de coisas legais. Vamos a elas:

SOBRE A ROBIN WRIGHT

Essa semana circulou um vídeo muito bacana de uma entrevista com a atriz Robin Wright, mais conhecida pela personagem Claire Underwood de House of Cards (lembra que ela foi uma das novas musas das séries da Semana da Mulher?). No programa, Robin divide a cena com o incrível Kevin Spacey.

Na entrevista ao Rockefeller Foundation, Clare contou que, apesar de seu personagem aparecer tanto quanto o personagem de Spacey, ela ganhava menos do que seu colega. Depois de dar de cara com estatísticas que provavam o crescente protagonismo de Claire na série, Robin tomou coragem e colocou os produtores contra a parede exigindo um salário equivalente ao de Spacey.

Olha aqui o trecho da entrevista em que ela fala sobre o assunto:

Mais infos nessa matéria aqui do PapelPop.

Robin, só tenho uma coisa a dizer: You go, girl!

Levantar esse tema é cada vez mais importante pra conseguirmos pressionar empresas a mudarem a maneira como remuneram a gente.

SOBRE COMO OS HOMENS PODEM APOIAR O FEMINISMO

O BuzzFeed é apenas maravilhoso. Além de conteúdos divertidos e super atuais, eles conseguem tratar de assuntos sérios de forma leve e didática. Um exemplo incrível foi a lista que eles publicaram essa semana com 10 coisas que os homens podem fazer para apoiar o feminismo.

Sim! Não há nenhum motivo pra que homens bacanas também não possam ser agentes de transformação para uma sociedade mais justa com as mulheres.

O post é super completo e aborda atitudes simples, mas que podem passar despercebidas no cotidiano. Coisas como: votar em canditadas mulheres para cargos públicos, indicar mulheres para vagas de emprego (e questionar os seus superiores se o seu ambiente de trabalho for composto em sua maioria por homens), contribuir com as tarefas domésticas ou não passar a mão na cabeça dos seus amigos quando eles fazem comentários machistas babacas.

AlimentoproPensamento1

Vale a pena ler e passar adiante.

SOBRE CANNES E A OBRIGATORIEDADE DO SALTO ALTO (DE NOVO)

Há exatamente um ano o Festival de Cinema de Cannes deu o que falar ao impôs que as mulheres usassem salto alto durante os eventos. O papo rendeu e várias atrizes e mulheres da indústria do cinema se rebelaram contra a exigência e foram, inclusive barradas por não atenderem a exigência do Festival.

Bem, parece que o pessoal de Cannes não aprendeu. Esse ano a regra continou valendo e mais gente se rebelou. Atrizes como Julia Roberts, Kristen Stewart e Sasha Lane apareceram no tapete vermelho descalças como forma de protesto. A regra idiota só comprova a ainda latente diferença de exigência de vestimenta para homens e mulheres. Gente, é 2016! Deixa a mulherada usar e ser linda com o que quiser!

AlimentoproPensamento2

Kisten, inclusive, foi uma das mais vocais sobre o assunto. Em coletiva sobre seu novo filme, a atriz declarou:

” As coisas precisam mudar imediatamente. É muito claro que se eu e um homem estamos no tapete vermelho juntos e alguém me parar para falar que eu não posso entrar porque não estou usando salto alto, eu vou dizer que meu amigo também não está e vou perguntar se ele precisa usar. Não podem me pedir para fazer alguma coisa que não pediriam para um homem.”

Por essas e outras, o segundo “You go, girl!”  de hoje vai pra dona Kristen!

Agora vê se aprende, Festival de Cannes?

SOBRE A LADY GAGA E O LACRE ABSOLUTO

Eu acho que esse vídeo é velho, mas eu só vi essa semana e eu tive vontade de aplaudir de pé.

Taí. Se existe uma materialização do lacre é esse vídeo.

SOBRE AS MELHORES RESPOSTAS PARA COMENTÁRIOS MACHISTAS

A Djamila Ribeiro é feminista, negra e mestra em filosofia política. Ela acaba de assumir como Secretária-Adjunta da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo. A mulher é poder puro. Uma palhinha da genialidade dela tá nesse vídeo divulgado ontem pelo Catraca Livre em que a Djamila responde comentários machistas, desses que a gente vê toda hora poluindo a internet. Vale ver e se inspirar.

Viu que eu falei que hoje tinha inspiração de sobra?

Boa semana, gente!