Alimento pro Pensamento: propaganda boa e propaganda muito ruim
26 de junho de 2016 POR Jojo COMENTA AQUI!

Eita que essa semana aconteceu coisa pra caramba, hein?

Então vamo logo ao que interessa porque tem muito assunto pra tratar hoje.

SOBRE O BREXIT

“Brexit” era o termo que estava sendo usado para se referir ao processo de decisão dos britânicos sobre permancer ou não dentro da União Européia. Na quinta-feira passada, o povo britânico votou através de um referendo e, infelizmente, optou pela não permanência. Ou seja, o Reino Unido inicia agora um processo de desligamento da União Européia.

AlimentoProPensamento

Como cidadã britânica (por conta da minha mãe ser escocesa), acordei triste nessa sexta-feira com a notícia. Assim como a campanha de Donald Trump aqui nos EUA, o resultado do referendo é prova de uma onda ultra conservadora que assola muitos países.

O mais triste é se deparar com os resultados da votação e ver que 75% dos jovens que votaram, optaram pela permanência do país e acordaram hoje tendo que aceitar uma decisão que não os representa, mas que afetará gravemente seus futuros.

SOBRE A PROPAGANDA DA ASPIRINA

Essa semana aconteceu o Festival Internacional de Criatividade Publicitária em Cannes, na França. Uma espécie de Oscar da propaganda.

Durante o evento, além das premiações, rolam uma série de palestras sobre temas e tendências importantes que estão moldando o futuro da comunicação.

Essa ano, boa parte das discussões tem envolvido a necessidade de incentivar a participação das mulheres no mercado. Teve palestras muito legais de gente como a Madonna Badger, idealizadora do projeto #WomenNotObjects (“Mulheres, não objetos”) contra a objetificação de mulheres na propaganda. A campanha conta com uma série de vídeos que são verdadeiras porradas e mostram pra gente o quanto a prática de objetificar mulheres está entranhada na publicidade. Tipo esse aqui, que mostra o desconforto de crianças de adolescentes com esse tipo de mensagem.

E, se por um lado a gente fica feliz que isso tudo está fazendo parte da pauta do Festival, por outro o mesmo Festival ainda mostra que há muito caminho a percorrer.

Nessa mesma semana, o Festival de Cannes premiou esse anúncio aqui:

AlimentoProPensamento1

Você não leu errado, não. É uma propaganda que faz piada com a gravação de um vídeo sem o consentimento da outra parte. E pensar que não faz um mês que uma menina teve seu corpo ensanguentado e desacordado exposto pro mundo depois de ter sido estuprada por mais de 30 homens.

A propaganda é de autoria da Almap BBDO, historicamente uma das mais premiadas e celebradas agências de propaganda do mundo.

Depois de toda a repercussão negativa gerada a partir do anúncio, a Almap resolveu abrir mão do prêmio e se pronunciou dizendo que não teve a intenção de ofender ninguém. Infelizmente, já ouvimos essa desculpa antes (a gente até falou sobre isso na semana passada, no caso do Biel, lembra?).

A verdade é que esse anúncio é a epítome do que ainda é boa parte do mercado publicitário. Um mercado dominado por homens (especialmente a área criativa) e em total alienação do que acontece fora das paredes coloridas das agências. Aliás, vale ler essa matéria do Brainstorm 9 que resume bem esse sentimento.

Outra que vale ler é o convite que a Revista AzMina fez para a Almap e a Bayer para um debate sobre cultura do estupro e a maneira como a propaganda aborda o assunto.

SOBRE A PROPAGANDA DA CAIXA

Mas vamo falar de coisa boa porque domingo passado já teve tristeza demais aqui nessa coluna!

Prova de que existe propaganda boa e é por ela que a gente precisa lutar é a campanha “Sons da Conquista” da Caixa para os Jogos Olímpicos e Páraolímpicos do Rio.

Cada vídeo da campanha conta em forma de música a história de superação dos nossos atletas. Começando pelo Fernando Fernandes, do remo, passando pelo Arthur Zanetti, da ginástica artística e agora a Joice Silva, lutadora de wrestling. Cada um mais inspirador que o outro.

SOBRE CAMPANHA #ELAFAZHISTÓRIA

Mais uma campanha inspiradora ganhou as ruas essa semana. O Facebook lançou uma iniciativa de fomento ao empreendedorismo feminino chamada #ElaFazHistória. A ideia é mostrar mulheres que superaram desafios e lutaram para dar vida aos seus negócios.

Além do vídeo que mostra histórias verdadeiras de empreendedoras, o Facebook está organizando eventos em todas as regiões do País com palestras e oficinas de capacitação.

O empreendedorismo feminino faz bem pra todo mundo. Pras mulheres, pras suas famílias, pras comunidades que as rodeiam e pra economia.

SOBRE PAIS E SEUS BEBÊS

Eu não sei se é a idade, ou a quantidade de amigas grávidas ou que teve filhos recentemente. Só sei que ando mais maternal nos últimos tempos. Portanto, dá pra imaginar como o meu coraçãozinho ficou ao ver essa série de fotos de pais no momento do parto e dando boas vindas aos seus bebezinhos que acabam de vir ao mundo. Não, gente, não tô grávida. Mas achei tudo lindo, sensível, emocionante.

AlimentoProPensamento2 AlimentoProPensamento3 AlimentoProPensamento4

Vale ver a série toda e entender as histórias por trás de cada foto nesse post do Huffington Post.

Por hoje é isso, gente! Boa semana procês.