Quem aí também combina cor do look com a cor do cabelo?
20 de setembro de 2017 POR Jojo COMENTA AQUI!

Outro dia, olhando o meu feed no Insta, me dei conta de uma coisa meio maluca: eu ando combinando os meus looks com a cor da minha cabeleira. Cês também fazem isso ou eu que tô bem doida mesmo?

O look de hoje é maior prova disso. Confesso que tô até um pouco chocada. Vou nem falar muito que é mais fácil mostrar mesmo. Ó só:

Screen Shot 2017-09-17 at 18.43.03

Saia: Loja Prosa, Moleton: COS, Sapatos: Zara, Bolsa: brechó em Buanos Aires

Antes que apareça a pergunta, eu já vou respondendo: sim, esse é o mesmo moletonzinho do último look. Por que? Simplesmente porque quando eu compro um troço que eu amo, eu uso até  não aguentar mais, até o bichinho precisar desesperadamente de uma lavada na máquina.

E sim, só depois de dar uma boa olhada pra esse look é que eu me dei conta de que ele é quase da mesma cor que o meu cabelo.

O que eu acho mais legal de repetir peças é essa coisa da gente se desafiar a montar um look totalmente diferente a cada vez. Entonces, se no último post eu combinei o moletom com uma calça jeans, hoje eu quis ir pra outro lado e apostei num look mais romântico com essa saia lindeza da Loja Prosa.

IMG_9427

Eu sei que aí no Brasil primavera tá logo ali virando a esquina, mas aqui em Londres o outono já está entre nós. E eu achei que os tons terrosos do look acabaram incorporando super bem o espírito do outono.

Os acessórios também seguiram a mesma paleta de cores do look com marrom bombando. O sapato fechadinho já indica a mudança de estação e a bolsa vintage Chanel é um desses achados que a gente guarda com carinho, né?

Screen Shot 2017-09-17 at 18.45.50

Pra finalizar e seguindo os aprendizados das minhas gurus da análise de cor (as mocinhas do Assinatura de Estilo que me ensinaram a usar as cores a meu favor), taquei logo uma boca vermelhona pra dar um tchan.

Screen Shot 2017-09-17 at 18.46.05

E você? Me conta se também tem essa pira boa de combinar roupa e cabelo? Me conta aí gente pra eu não me achar tão maluca!